outros / 4 de dezembro de 2012

A maternidade no chiqueirinho

Imagine um reality show com bebês. Uma espécie de versão baby de programas como “Big Brother Brasil” e “A Fazenda”. Imaginou? Pois não é imaginação. A bizarrice existe mesmo, chama-se “Game de Bebês” e é veiculada diariamente no programa Mais Você, da Rede Globo. A semelhança com os reality adultos impressiona: tem confinamento, provas e eliminação. Neste caso porém, em vez de irem para o famigerado “paredão”, os candidatos à saída vão para o “chiqueirinho” – apetrecho conhecido por mães, avós e babás por confinar e conter os corpos curiosos dos bebês – é o confinamento dentro do confinamento.

Obviamente, cada participante traz uma mãe acoplada a si. Ou melhor, cada mãe traz um participante acoplado ao peito. Como se não bastasse a quebra das rotinas individuais dos bebês, o monitoramento constante das câmeras e o estresse advindo disso tudo, os produtores da atração recheiam-na de merchandising. Fato este que nos leva a desconfiar de todas as orientações pedagógicas ou nutricionais dadas pelos “especialistas” convocados.

Nesta segunda-feira, 3/12, o cúmulo da indignação na web foi quando MARCELO BUENO, um “educador” , listou uma série de desinformações em relação ao desmame, enquanto muitas das mães choravam. Ele disse que elas só precisavam de um incentivo e enfatizou a pérola: “Eu aconselho a colocar uma data e não voltar mais atrás depois que tomar a decisão”. Orientação tão absurda quanto mandar passar qualquer coisa amarga nos mamilos ou colocar um medicamento para que os bebês desistam de mamar. Em um programa patrocinado por anunciantes ávidos de lucros, não nos espanta que desejem que estes bebês façam, o quanto antes, parte do rol de consumidores de fórmulas e afins. Uma das mães claramente não deseja desmamar a filha, mas não duvido que o anunciante de lácteos a convença a fazer isso.

Dr. Sears, uma autoridade em amamentação, diz o seguinte: “Não limite a duração da amamentação a um período pré-determinado. Siga os sinais do bebê. A vida é uma série de desmames, do útero, do  seio, de casa para a escola, da escola para o trabalho. Quando uma criança é forçada a entrar em um estágio antes de estar pronta, corre o risco de afetar o seu desenvolvimento emocional”.

Isso vai contra tudo o que o “educador” do programa instruiu em termos de  desmame, pois não há uma idade limite para tal: os sinais devem partir do  bebê, e o processo NUNCA deve ser abrupto (seria o mesmo que exigir que o bebê  ande ou fale da noite para o dia). Mais: não há nenhuma comprovação de que a amamentação depois de certa idade seja prejudicial às crianças.

Segundo diversas teorias, o período natural de amamentação para a espécie humana seria de 2,5 a 7 anos. Atualmente, a Organização Mundial da  Saúde RECOMENDA aleitamento materno POR DOIS ANOS OU MAIS, devendo ser exclusivo nos primeiros seis meses. Os participantes do programa são ainda bebês, o mais velho tem 1 ano e 8 meses, e a maioria tem menos de 1 ano e meio. Será que já podemos dizer que a orientação deste “educador” é absurda e irresponsável?

Os argumentos usados são claramente manipuladores de opinião, tais como: “desmamar é ajudar os filhos a crescerem”. Ou ainda, “é dificil falar: você cresceu?”. Esses argumentos colocam as mães como dependentes dessa relação, fracas e inseguras, que não querem que os filhos cresçam. E define limites determinando que “já que estão todos andando, hora de acelerar a questão do desmame”.

Outra queixa constante se refere à “nutricionista” do programa, que planejou uma dieta contendo açúcar refinado, desobedecendo às recomendações da Organização Mundial de Saúde e da Sociedade Brasileira de Pediatria. Além disso, a profissional também prescreveu um complemento lácteo, indicado apenas para crianças acima dos quatro anos, nunca para bebês de menos de dois. Pior para a saúde pública: desmame precoce e dieta açucarada! Perguntamos: a quem buscamos para que este programa seja responsabilizado por tanta orientação nociva à saúde infantil? Dá uma olhada nesta “corridinha com os bebês” (oi?):

O joguinho, que deve estar sendo assistido por milhões de mães, desrespeita a infância: além de incentivar o desmame precoce e publicar cardápios contendo açúcar, recomenda o método de “deixar chorar” e tenta apressar o desenvolvimento infantil. Os “profissionais” escolhidos demonstram saber muito pouco sobre as reais necessidades dos bebês e entender muito sobre como agradar anunciantes.

Na semana passada, enviamos a denúncia a uma ONG e uma advogada para saber se existe um caminho de denúncia, mas até agora não acharam um meio para retirar o programa do ar, ou pelo menos evitar que informações que prejudiquem a população brasileira sejam disseminadas.

Num país em que liberdade de imprensa serve apenas para poucas famílias dizerem o que quiserem sem contraponto, nós, do Infância Livre de Consumismo, podemos apenas usar os nossos canais e as nossas vozes maternas para mostrar a nossa indignação na esperança de que algum dos pais, separados da sua mulher e do seu bebê, fechem os olhos para o prêmio em dinheiro e para a fama e saquem-nos de lá!

Para nós, que lutamos por regras mais rígidas para a publicidade dirigida à criança, esta é mais uma prova de que, sem uma regulação e sem um controle mais eficiente, os veículos de comunicação e os anunciantes são capazes de deitar e rolar sobre a população brasileira. Disseminam ideias sem contraponto, capazes de não apenas prejudicar as famílias que optaram por se submeter a isso, mas também – e especialmente – as famílias que dão audiência e, por falta de informações melhores, serão influenciadas pelas doutrinas pregadas no programa, para o bem dos lucros dos anunciantes. É frustrante que não tenhamos a quem recorrer!

Pelo visto, o Game dos Bebês é mais um daqueles programas de entretenimento concebido para anunciantes ávidos por vender para mães e seus bebês, já encarados como consumidores. Para nós quem devia ir para o chiqueiro são os produtores e patrocinadores deste desserviço.


Tags:  aleitamento materno amamentação denúncia desmame filhos leite materno mais você maternidade maternidade ativa maternidade e filhos maternidade responsável proibir publicidade infantil

Bookmark and Share




Previous Post
O poder do consumidor
Next Post
Carta aberta ao Relator do PL 5921/01



Mariana Sá




You might also like




84 Comments

Dec 04, 2012

Obrigada pelo post, o programa em questão … é de vomitar! Não caberia um recurso dentro do EStatudo da Criança e do adolescente?


Dec 04, 2012

R-I-D-I-C-U-L-O só isso que eu tenho que dizer, fiquei indignada ontem quando me disseram (pq eu também não assisto) que esse “educador” falou sobre o desmame abrupto em rede nacional, quando vi o video desacreditei, me enviaram o cardápio das crianças, fiquei com pena, e pensei que a nutricionista estava vendida, pode até ser, mas olhando os cardápios dela fora da casa são piores, fico pensando, porque não buscam profissionais de qualidade? já que vão fazer essa porcaria, que façam no minimo direito…


Dec 04, 2012

Eu como nutricionista fico indignada em ver como um mercenário da profissão denigre a imagem dos outros. Nossas crianças já eram…a infância já era….esses pais que não tem o menor preparo para educar seus filhos que os transformam em pequenos gremlins.


Dec 04, 2012

Eu não tinha visto ainda, mas ontem, na fila do supermercado eu vi uns pedaços. Fiquei pasma! Que coisa mais absurda! O mais triste é esse sentimento de impotência que nos invade diante de tanta bizarrice!


Dec 04, 2012

Realmente é um absurdo as mães submeterem seus filhos, a esse tipo de progrma por fama e dinheiro. Que tipo de aulto termos com uma formação baseada no estrelismo e consumo.


Dec 04, 2012

Ridículas são estas mães entrarem neste programa e ainda CONTINUAREM depois de uma chuva de bobagens como essas! Tem que ser muito doente pra se submeter a tamanha crueldade e ainda submeter os filhos!!! Onde estão os direitos dessas crianças que nem mesmo com as próprias mães podem contar?


Dec 04, 2012

O QUE ESPERAR DE UM REALITY QUE É PATROCNADO POR UMA EMPRESA QUE TORTURA ANIMAIS EM SEUS TESTES!?!??!?!?! COM CERTEZA SERIA SÓ PORCARIA MESMO!


Dec 04, 2012

Engraçado que em desfralde eles não falam, pq será?
Eu nunca vi tamanha bizarrice, é a sede por apreciação, pela exposição e por achar que o filho é o centro do universo. Essa vaidade exacerbada e a todo custo não deve ser bom nem para a mãe nem tampouco para o filho, um bebê exposto à câmeras, pessoas estranhas, estresse da convivência com outros bebês e etc ao cubo.
Realmente, deveria ser proibida a veiculação desse tipo de programa


    Dec 04, 2012

    Eles falaram sobre desfralde sim..


    Dec 05, 2012

    Ótima observação! E o desfralde?


Dec 04, 2012

Não é possível que uma agressão emocional tão nítida a mães e bebês fique por isto mesmo. E pensar que haverá muitas mães do lado de cá da telinha sendo alienadas. Precisamos urgente de alguém que defenda nossas crianças de bizarrices como esta. Chocada demais com isto tudo.


Dec 04, 2012

Absurdo, como uma emissora permite um quadro destes. Absurdo incentivar desmame precoce e açúcar na dieta de um bebe…
A cada dia a Globo caí no conceito de muitos… Deve ser falta de audiência, ficam inventando coisas absurdas… RIDÍCULO…


Dec 04, 2012

Não achei nem caixa de comentários para poder falar um pouco com os editores do programa…não há diálogo nenhum…


Dec 04, 2012

Acredito que uma manifestação presencial,poderia ter algum retorno positivo,diante desta idiotice.
Podemos também colocar nas redes sociais e divulgar o quão absurdo é esse programa.


Dec 04, 2012

Do texto só não gostei da parte que considerei machista: “… na esperança de que algum dos pais, separados da sua mulher e do seu bebê, fechem os olhos para o prêmio em dinheiro e para a fama e saquem-nos de lá!”


    Dec 05, 2012

    Cris,
    Vi esta afirmação de outra forma: percebo que os pais não estão confinados e podem estar “ouvindo” as críticas, refletindo, sensibilizando-se…
    Não vi nada de machista na afirmação: é dever dos pais cuidar dos seus filhos!
    Mariana


Dec 04, 2012

Tem vídeo dessa “troço” da Hipoglos???


Dec 04, 2012

Gente, isso tem de ser ilegal. É um atentado à infância. Deve estar no ECA, este programa tem de ser multado (sim, porque se não doer no bolso logo aparece um similar no SBT) e sair do ar. No mais, os maias estavam certos, é mesmo o fim do mundo.


Dec 04, 2012

Algum advogado por aqui???
Tem que ver se não dá pra enquadrar em alguma lei e processo na emissora e nas mães que sujeitam os filhos a esse espetáculo.


    Dec 07, 2012

    https://www.dropbox.com/s/dv2j5z400kka6yn/recomenda%C3%A7%C3%A3o%20minist%C3%A9rio%20p%C3%BAblico.pdf

    O MINISTERIO PÚBLICO FEDERAL RESOLVE RECOMENDAR AO DIRETOR-GERAL DA REDE GLOBO DE TELEVISAO, SR. CARLOS HENRIQUE SCHRODER, QUE NO PRAZO DE 3 (TRÈS) DIAS:
    a) veicule a informação de que o Ministério da Saúde, a Organização Mundial de Saúde e a Sociedade Brasileira de Pediatria recomendam que o aleitamento materno seja realizado “até dois anos ou mais”, ou seja, que não existe recomendação das autoridades em saúde do pais e internacionais de que o desmame ocorra antes dos dois anos de idade;
    b) que referida informação seja veiculada no mesmo programa “Mais Você”, no mesmo quadro “Game Hipoglós Amêndoas”, e com a mesma duração (09:41minutos), de preferência com a entrevista de profissional especializado em aleitamento materno ou com a retratação do educador Marcelo Bueno que manifestou a informação prejudicial a saúde das crianças;
    c) que as mães participantes do “game” sejam informadas acerca do equivoco na recomendação que receberam de desmamar os filhos a partir do momento em que começarem a andar, bem como a recomendação do Ministério da Sande para que mantenha a amamentação “ate dois anos ou mais”, bem como que referida informação às mães participantes seja gravada a transmitida no programa, assim como ocorreu no vídeo ora questionado.
    Fica fixado, nos termos do art. 6° da Lei Complementar n° 75/93, o prazo de 3 (três) dias para que o destinatário informe sobre a postura perfilhada em face da presente Recomendação, sob pena das consequências legais.
    FICA DETERMINADO AINDA:
    Seja dada publicidade a presente Recomendação, no portal eletrônico do Ministério Público Federal, conforme estabelece o art. 23 da Resolução n° 87/2006, doCSMPF.
    São Paulo, 07 de dezembro de 2012.


Dec 04, 2012

Você pode denunciar ao Ministério Publico para providências legais. Realmente é um absurdo um programa desse tipo.


Dec 04, 2012

Uma proposta: encher o perfil no face da Ana Maria Braga de mensagens sobre o assunto!!!


Dec 04, 2012

Por que ninguém critica os participantes que fazem tudo por 5 minutos de fama e um trocado????


Dec 04, 2012

Muito triste!! Da única vez em que assisti o programa, fiquei triste de ver como as crianças se sentem perdidas, por estarem fora do seu ambiente natural, estranhando tudo em volta e as mães, mais perdidas ainda, sem nenhuma autoridade, aceitando sem questionar as orientações dos “especialistas” do programa.


Dec 04, 2012

Achei deprimente só de ler o relato do q foi um dia, praticamente. Acho q cabe recurso, sim. Algum@ advogad@ aqui? Sei q no MP estadual precisamos de 5 pessoas p/ apresentar o pedido de uma acao pública. Será q todo MP é igual? O programa é no Rio ou Sampa? Alguém busca essa infoamacao, q sou de Alagoas.


    Dec 04, 2012

    É manifestamente ilegal e afronta vários dispositivos do Estatuto da Criança e do Adolescente. O Ministério Público, nesse caso, também está se omitindo de cumprir com seu dever jurídico, que independe de denúncia, pois trata-se de fato notório, de todos conhecidos, uma vez que o programa vai ao ar diariamente na maior emissora de TV do Brasil.
    Também os Conselhos Tutelares, a exemplo do MP, estão incorrendo no mesmo delito de omitir-se de sua função legal, de proteção à criança, como expressamente estabelece o ECA.
    A impressão que se tem, portanto, é que o poder da Rede Globo está acima da Lei e dos setores do estado legalmente obrigados a fiscalizá-la.


Dec 04, 2012

Será que não caberia uma Carta ao Ministério da Saúde, solicitando manifestação quanto a essa questão, incluindo pedido do Ministro para que tenha espaço no programa para abordar amamentação e alimentação saudável? É incrível como a alegação de que qualquer coisa feita contra a mídia (o fantasma da censura) tenha mais peso, em nossa sociedade, do que a saúde, segurança e bem estar de nossas crianças…


Dec 04, 2012

Excelente post! Parabéns, mais uma vez, por defenderem, de forma tão clara e segura, interesses que dizem respeito a todos nós, com ou sem filhos!


Dec 04, 2012

Coração com dor… pelas crianças e pelas famílias desinformadas, como a Bíblia ensina: …Povo morre por falta de conhecimento!


Dec 04, 2012

Assisti ao programa esta segunda-feira e a apresentadora Ana Maria Braga ainda fez questão de falar DUAS vezes que as mães confinadas tinham direito à visita íntima, como se fossem presidiárias. Ela ainda tenta vender sexo até em um programa com bebês.


    Dec 05, 2012

    Excelente observação, Juliana! Eu não tinha feito a relação visita do pai x visita íntima… Ela disse isso no ar???
    Quando eu penso que não existe mais nada que me choque, leio uma coisa destas!!!
    Mariana


Dec 04, 2012

galera…vamos nos movimentar, social media ta aí pra isso…esse negócio todo tá revoltante!Nao vou conseguir nem dormir depois dessa…Por deus onde vamos parar??


Dec 04, 2012

Um programa bizarro mesmo.
Lamentável é a audiência que tem um absurdo desses.


Dec 04, 2012

Bora dizer pra Globo o que achamos!
http://falecomaredeglobo.globo.com/


Dec 04, 2012

a moral e a ética são acima de questão de audiência,valer tudo por audiência é irracional


Dec 04, 2012

Esse programa de merda passando informação equivocada sobre amamentação. Nunca vi o programa, mas vejo as pessoas comentando no Twitter. Fiquei horrorizada com o que vocês relataram no post! A Organização Mundial de Saúde tem que entrar com um pedido de reposta sobre essa questão da amamentação. Como podemos exigir isso?? É revoltante ver que mães se prestam a participar desse tipo de programa!


Dec 04, 2012

Não haveria programa se não houvessem mães interessadas tanto em participar quanto em assistir. Não cabe a ninguém ficar procurando culpados por isso ou aquilo, se vai contra o ECA ou não, a responsabilidade total é das mães que se propuseram a participar e continuam participando de tal programa. Em tempo, nem sei do que o programa trata, não assisto tv aberta ainda mais de manhã, mas acho de péssimo gosto qualquer gincana envolvendo dinheiro, confinamento e tal…


Dec 04, 2012

Não vi identificação de quem escreveu esta matéria, mas te peço desculpas por não tê-la lido inteira. Você deve ter gasto bastante tempo para escrevê-la, e eu não a li com o devido respeito.
É difícil acreditar que esse tipo de programa existe, é mais ainda, imaginar que mãe faz isso com seus filhos?
Isso é um caso típico de maus tratos com os filhos. É assunto para conselho tutelar.


    Dec 05, 2012

    Carlos,
    o texto foi escrito de maneira coletiva. Por isso está sem autoria. Todas as mães que administram os canais do movimento se identificam com o que foi colocado.
    Estamos trabalhando em outras frentes e com outras comunidades para que as autoridades tomem conhecimento do abuso.
    Conto com você!
    Mariana


Dec 04, 2012

Este programa representa bem o espaço onde se desenvolve: imbecil e desrespeitoso como a apresentadora em questão!


Dec 04, 2012

Caros, a indignação coletiva poderia ser levada, através de vocês, como denuncia ao Ministério Publico. Há esta disposição?


Dec 04, 2012

Quando ponho no Mais Você e vejo esse absurdo, mudo logo de canal, portanto ao ler o comentário de vocês é que fiquei sabendo a fundo os fatos.


Dec 05, 2012

Entendo a indignação de vcs. mas acho q há um pouco de exageros, talvez por não acompanharem o programa. Eu, particularmente, gosto de assistir Ana Maria Braga de manha, e por gostar, acabei acompanhando o programa em questão. Elas não ficam confinadas em uma casa. Elas e seus bebes ficam em um hotel no Rio de Janeiro, onde os maridos podem visita-las e continuar tendo contato com os respectivos filhos. Elas só ficam na casa durante a semana para os workshops e para as provas, onde os bebes NUNCA participam. Aquele bebe dentro do carrinho é um bebe reborn (bonecos realistas). Eu tb não sou a favor do desmame forçado e de dieta com açucar refinado, mas caberia as mães se oporem contra isso. Um dos primeiros assuntos abordados foi sobre o desfralde, inclusive foi falado q ele deve ocorrer assim q a mãe perceber q a criança fica mais de 3 horas com a fralda sem encharcar.
Os horarios dos bebes são respeitados e a Ana Maria Braga ressalta isso durante todo o programa.. Café da manhã, almoço e janta e todos os horarios da soneca. A casa conta com uma infraestrutura ótima pros bebes e pode-se perceber que eles não estão nem um pouco estressados, na minha opinião nem estão se dando conta do q esta acontecendo.
Não estou aqui p defesa de ninguem, só gostaria de esclarecer algumas coisas q para qm não esta vendo parecem realmente muito absurdas, como a corrida com bebes (q não são bebes de verdade).. Acho q o programa não esta sendo negligente. Acho q cada mãe sabe o q é melhor para o seu filho.
Eu posso não querer participar, mas isso não me dá o direito de julgar as outras mamães que quiseram e estao participando do programa.
Espero ter esclarecido algumas duvidas de vcs… bjinhos


    Dec 05, 2012

    Olha, eu vejo muito de vez em quando esse programa. E embora concorde que algumas informações estão “controvertidas” por conta de uma publicidade incoerente envolvendo bebês, que impõe critérios erroneamente para alimentação e desmame, obviamente para favorecer os patrocinadores. Mas de qualquer modo, acho que toda essa informação da matéria é um pouco exagerada. REALIZEM pessoal, vocês acham mesmo que o programa colocaria em risco a saúde e vida dos bebês colocando eles em uma “corrida”. AQUILO ERAM BONECOS!!! E não os bebês… Eles estavam seguros com as cuidadoras, ao abrigo do sol e do perigo.
    Não há confinamento verdadeiro, e não consigo ver nenhum bebê estressado por conta de uma rotina modificada. Se formos analisar por esse modo, então não podemos sair em viagem de férias com nossos bebês menores de 2 anos, e passar 2 ou 3 semanas fora?
    Bom… essa é a minha opnião. Sou absurdamente contra o desmame abrupto, sou contra dieta infantil com açucares e produtos industrializados. Mas fora isso e a publicidade exagerada, mas fora isso, não vejo nada de tão ABSURDO no programa. E vamos ponderar, as mamães estão lá porque querem, e submetem seus bebês a isso e assumem os risco para tanto. Acho que esse julgamento está mesmo precipitado e de certa forma exagerado!


    Dec 05, 2012

    Ótimas as suas observações, mas vamos refletir:

    – Elas não vão pra casa! Elas não podem ir comprar pão! Elas não podem ir ver a mãe! Estão confinadas!

    – Os maridos as visitam uma vez por semana, conforme regras publicadas no site da emissora – visita íntima como disse uma leitora aqui… Elas estão confinadas!

    – Li também que uma das participantes não conseguiu fazer uma prova, pois estava preocupada com o filho que não estava bem…

    – Pense como deve ser difícil se posicionar contra a maioria quando se está fragilizada pelo confinamento e exposta em Rede Nacional… Eu que sou até durona, não sei se conseguiria…

    – Na fan page de AMB, uma leitora chama as mães de porcas porque ficam largadas o dia inteiro na casa… se isso não é bom para elas e para os bebês. Penso que deve ter alguma ponta solta nas regras, pois as mães estão ficando largadas como se estivessem num BBB… muito tempo ocioso?

    – Bebês tão pequenos absorvem estresse de uma maneira inacreditável… Pode não estar passando os momentos de estresse… já pensou nisso? quem está com as mães durantes as madrugadas para saber se o estresse do dia se manifesta à noite? como podemos garantir que não há estresse?

    Mais importante de tudo: o MILC não está julgando as mães que se submetem a isso (muito pelo contrário), estamos criticando e reflletindo sobre o programa, as regras, a apresentadora, os especialistas, o patrocinador! Enfim, criticamos e chamamos atenção para as informações inadequadas que estão sendo massificadas…

    Abraços,
    Mariana


      Dec 05, 2012

      Elas não estão confinadas pq estão lá pq querem.. a Ana Maria Braga falou isso como uma brincadeira (visita intima). Não podemos levar tudo tão a serio! os bebes estão super a vontade! as mães mesmo estavam comentando hj q eles estao se comportando melhor do que qndo estavam em casa..
      A pessoa q falou q uma das mães nao participou, nao vê o programa pq na realidade ela só nao teve condiçoes de justificar a sua permanencia na casa. Ela participou da prova, e a bebe q estava doentinha ficou na companhia da pediatra, de uma cuidadora e de enfermeiras, detalhe p q a prova durou bem menos de 1h e a mãe depois foi levada p o hotel onde a criança teve alem de todo acompanhamento medico a companhia do pai..
      Eu particularmente estou achando os pensamentos de vcs muito ditatoriais.. Dizer q o tempo esta ocioso pq a mae nao ta fazendo nada, só olhando o filho, me faz perguntar se toda mãe q fica com seu pequeno em casa e decide nao trabalhar estaria cometendo o mesmo erro. e dizer q o bebe esta confinado e isso pode gerar stress me faz pensar q toda mãe q trabalha e deixa seu filho na creche estaria confinando seu filho por dinheiro, tanto qnto essas mamães..
      Não, eu nao posso provar q eles estão sofrendo stress, como vcs tb não podem provar..
      Só vou dar uma dica p vcs. antes de abordar um assunto como esse, é melhor sentar um pouco e ver o programa p não acabar falando besteira. enfimm..


    Dec 07, 2012

    Essa mulherada é muito exagerada. Estão criando chifre em cabeça de cavalo. Tenho certeza que qualquer uma aqui que está reclamando se fosse convidada pra ter a chance de ganhar essa grana, iria. Tenho certeza que elas e as crianças estão tão mais confortáveis que muitas daqui que estão reclamando (muitas delas sequer assistiram o programa e estão se baseando em textos exagerados da internet).Na questão do desmame não vi nada absurdo, quem tem que decidir a hora de parar é a mãe. Eu mamei até os 3 anos, se minha mãe não tivesse passado produtos amargos nos mamilos eu não teria parado tão cedo.

    Sobre o consumismo no programa, concordo, embora eu pouco assisti, mas já me baseando pelo estilo da Globo, não duvido. Mas existe uma coisa tão simples pra resolver isso: mude de canal ou desligue a TV. Problema resolvido e agora continuem suas vidas normalmente. Só vai dar audiência se quiser.


      Dec 08, 2012

      Roberta,

      Vc está utilizando os mesmo argumentos das empresas e jogando a responsabilidade para os pais (existe uma coisa tão simples pra resolver isso: mude de canal ou desligue a TV. Problema resolvido e agora continuem suas vidas normalmente.). Vc não faz a mínima idéia de como os profissionais de propaganda conseguem induzir o consumo.
      Se vc tem filho e já o levou ao supermercado, já deve ter recebido pedido para compra um produto só porque há um personagem infantil na embalagem. A questão não é simples não. As empresas não podem estar livres para fazerem o que querem sem o mínimo de responsabilidade social e os governos estão aí para regular isto. Transferir a responsabilidade para os pais é tudo que eles querem!


    Dec 10, 2012

    O povo tem q deixa de ser hipocrita cada um sabe de si e nao vejo nenhum Bebe chorando amedrontado la dentro !!!muito facil critica, a Ana Maria não começou ontem não acho ela uma profissional excelente e ninguem ta ali presa ta ali porque quisesaram esta ali ..falta do q faze viu!!


Dec 05, 2012

Absurdo,bizarro,desumano,não só os idealizadores do programa,mas as mães que comete a atrocidade de expor seus filho neste inferno,como todo reality produzida por emissoras que só visam lucro e destruição da familia! Lamentáve
o Ministério Público poderia se mostrar presente por favor?


Dec 05, 2012

O que esperar de uma emissora formadora de opiniões como a Globo, eles conseguem passar por cima da lei, nem impostos pagam, faz anos que não repassam o icms das TV por assinatura. Acha que alguém pode com eles? Lembram da fraude do papa tudo em que muitos ganharam e não receberam nada? Sem contar com o Golpe de 64.
http://www.youtube.com/watch?v=ZF4Hx7H_1EE


Dec 05, 2012

Não podemos organizar um manifesto nacional?
Acho que ficaria mais visível pra população que não acesa redes sociais e se deixa influenciar por apenas o que vê na telinha’


Dec 05, 2012

Bom dia! Conheci o site de vcs através da divulgação da moderadora de um grupo de mães que participo no facebook! Estou indignadíssima com esse programa! Sou uma mãe do tipo leoa e se pudesse levava todas aquelas crianças pra casa!!!
Fiquei sabendo recentemente que existe um outro blog lutando contra esse programa e deixo aqui o link para que se possível vcs consigam unir forças e tirar essa maluquice do ar!!

http://www.mamiferas.com/blog/2012/12/tudo-tao-errado-que-parece-certo.html#.UL4xMkfHWII.facebook


Dec 05, 2012

O que parece normal para a época, está longe de ser o ideal para a vida. Triste realidade. Crianças “sobrevivendo” a experiências completamente desnecessárias que só prejudicam um desenvolvimento físico, cognitivo e emocional saudável.


Dec 05, 2012

Querem capitalizar e corporativisar todas as relações humanas…enfim: desumanizá-las….Critico a todos: ANA MARIA BRAGA, AS MÃES QUE PARTICIPAM E EXPÕEM OS FILHOS e a HIPOGLÓS que vem com essa babaquice….agora vou consumir só Bepantol mesmo (tem mais qualidade ainda por cima).

Não interessa se a piscina é coberta, se tem babá…o protesto com o programa trata-se do impacto social das relações mãe-filho, trata-se de ética e respeito à individualidade de quem não pode se negar a participar disso (bebês).


Dec 05, 2012

Uma sugestão:

ANA MARIA – coloca sua netinha para participar

PAPAGAIO – coloca sua filhinha no reality


Dec 05, 2012

Só fiquei sabendo da existência desse programa porque uma amiga passou este link. Achei um absurdo, uma afronta à boa educação e à saúde das famílias com bebês em casa! O pior é que tem ibope, porque se não tivesse, não existiria!!! Além de ter gente que assiste, e gosta, tem as mães que estão lá, expondo seus filhos inocentes. Realmente deveria ter algo a se fazer tanto contra o programa quanto às mães que submetem os filhos a isso. Tem algo no facebook que dá pra compartilhar contra isso? Quem sabe se todo mundo compartilhar lá, não conseguimos tirar isso do ar?!


Dec 05, 2012

Nossa fiquei chocada com este programa, realmente é uma bizarrice. Show de horrores.
E quanto ao desmame, sem comentários né? Como o ministério ainda não interferiu nisto? este Marcelo bueno não é o colunista da Crescer que é professor da escola Estilo e que tinha um blog sobre a espera do seu filho no site da revita? Nossa achava que ele era diferente.

Abraços


Dec 05, 2012

Gente, que tristeza que eu fiquei ao ver os vídeos!
Acho que o Ministério tem a obrigação de se manifestar, como já fez em outras situações!
São milhões de mães sendo manipuladas da pior maneira possível, é muito grave!


Dec 05, 2012

O que as pessoas poderiam esperar dessa emissora manipuladora?
Lixo e mais lixo.
Não vi e nem quero ver, pra não me irritar.


Dec 05, 2012

Se fizermos uma abaixo-assinado para o Ministério da Saúde ou Estatuto da Criança não ajuda? Ou até mesmo pra essa “coisa” televisiva?? Além do boicote de não assistir e pedir, via redes sociais, q todos desliguem a TV ou mudem de canal assim q o programa começar. Temos q parar isso!! Dá desespero!! E eu nem assisti!! O mundo já tem um pensamento retrogrado em relação ao desenvolvimento infantil, agora q estamos conseguindo nos informar melhor, aparece um programa desses??Pra vomitar falsas informações?? Estou aterrorizada!!


Dec 05, 2012

Q coisa mais ridícula!!! Como pode ter alguém q assiste à isso? Totalmente sem noção, e as crianças podem estar ali? E cade o Ministério Público? Só porque é Globo pode?
Nojo!!! É a palavra q me dá vontade de falar: NOJO
Tenho nojo daquela apresentadora, q não gosto nem de falar no nome dela, me da ânsia!!!


Dec 05, 2012

Eu tb achei um absurrdo esse Reality dos bebês..da Hipoglós..
Merchan puro…e cada profissional ruim que está por lá…

Pena dos que acreditam e daqueles que não podem ter outro tipo de fonte de informação!
Obrigada pelo post Mari! Vc é dez!
bjãooo
Mia


Dec 05, 2012

O mas errado dessa história não e o programa e sim os pais que tem a atitude imatura de fazer isso com seus proprio filho.
Tudo por causa de dinheiro..


Dec 05, 2012

Como nutricionista e mãe estou horrorizada com esse programa! Deveria sair do ar e a emissora ser obrigada a se retratar de todas as desinformações prestadas.

Absurdo! Ridículo! Revoltante!

Impressionante como o dinheiro corrompe! Me pergunto como pessoas que se dizem mães e pais aceitam participar de um programa desse tipo, expor seus filhos a riscos desnecessários só por dinheiro e fama, sem sequer pensar nas consequências que isso possa acarretar para essas crianças…..

Sem palavras para expressar educadamente minha indignação, referente as informações de ‘profissionais’ que são veiculadas nesse programa.


Dec 05, 2012

Parabéns pelo post! Já compartilhei com minha redes de amigos!


Dec 05, 2012

Desmame e o pior n fazer diferenca entre alimentao de um adulto com o do bebe, isso n existe gente, q tipo de nutricionista e essa?? Na vdd a minha perg e: oq o dinheiro n faz com as pessoas? Quero ver e promover e desfralde. Esse programa tem q sair do ar com tantas ma influencia, aveeee


Dec 05, 2012

Nossa, o tal “educador” ainda fala que a criança tem necessidade de outro leite, a “nutricionista” recomenda bebidas e papinhas lácteas….. gente, leite de vaca faz bem para o bezerro!!! Eu gosto e tomo, meu filho de 3 anos e meio que desmamou a menos de 1 ano nunca gostou do sabor do leite de vaca, nunca tomou leite de vaca. Super saudável, nem gripe pega, bem nutrido, bem desenvolvido física e emocionalmente. Sem falar na quantidade de açúcar, industrializados….. coisa mais descarada. Nunca assisti ao programa mas me arrepia só de pensar!


Dec 05, 2012

Não gosto da rede Globo (não assisto) e desprezo realities show de confinamento, mas vocês leram o artigo na íntegra?
http://tvg.globo.com/programas/mais-voce/Cobertura-Game-Hipoglos-Amendoas/noticia/2012/12/desmame-educador-orienta-mamaes-sobre-quando-tirar-o-peito-dos-bebes.html

O eduacador fala “me sinto à vontade de dizer para desmamar quando o ato não tem a função principal, que é a alimentação.”, ““Até dois anos é adequado” não achei nada absurdo… ele estava dando orientações para mães de bebes mais velhos que não conseguem desapegar do bebê e desse momento, afinal ninguém vai dar de mamá para sempre… e realmente tem mães que tem dificuldade de se “desprender”.

Não vi o programa, então realmente não sei como foi explicado para as mães e também não concordo em colocar um data para o desmame, acho que deve ser gradativo, mas achei que as as citações foram um pouco deturpadas…
No mais, achei de extremo mau gosto esse “Game Hipoglós Amêndoas”.


    Dec 06, 2012

    É bom lembrar que a OMS e o Ministério da Saúde recomendam a amamentação até os dois anos. Existem cientistas que consideram o desmame antes dos 24 meses precoce. Além disso, etapas importantes como introdução de alimentos, desmame e desfralde exige tempo, respeito e intimidade… Requisitos ausentes num ambiente monitorado por câmeras, ou mesmo fora da segurança do lar.
    Mariana


Dec 06, 2012

no inicio eu achei que o programa seria legale até pensei que seria muito legal participar de algo… algo que me instruisse a ser uma mãe melhor e a cuidar melhor dos meus filhos com mais conhecimento…

mas desde o início achei muito absurdo. desde o menor dos detalhes e nunca iria expor minha menininha a tamanha atrocidade.
como vc falou: tirá-los da rotina e aprender coisas absurdas como o negocio do desmame. infelizmente meu leite acabou totalmente com 7 meses… mas se pudesse seguiria em frente. temos que deixar a criança crescer e não forçá-la, crescer é um processo natural e educar com real amor e real intenção de que a criança se desenvolva é ajudá-la a crescer.

enfim. parabéns pela critica!


Dec 06, 2012

Sou uma privilegiada por que meus filhos desmamaram qdo quiseram, pq nunca concordei em fazer deles “Mico de circo”: Não suporto a ideia de alguém chamando seus pequenos para repetir o que seu pais quiserem: “faz isso pra titia ver”, fala aquilo, repete isso” imagine um reality show com bebês!
Privilegiada por que ainda não tinha essa lavagem em que todos querem estar na tv, sendo manipulados por grandes marcas. Todo “micos de circo” . Meus filhos têm 22 e 18 anos.


Dec 06, 2012

Gente, não cabe um direito de resposta?
http://oglobo.globo.com/pais/senado-aprova-direito-de-resposta-contra-materia-jornalistica-4307199

Lembra do programa João Kleber a Organização Intervozes conseguiu o direito de resposta ao DESviço público de seu programa: http://www.intervozes.org.br/projetos/direitos_resposta


Dec 06, 2012

[…] * http://infancialivredeconsumismo.com/index.php/a-maternidade-no-chiqueirinho/ […]


Dec 07, 2012

Pessoal, só há uma maneira de acabar com toda esta palhaçada, mas é preciso que as pessoas de bem entrem neste movimento. Vamos boicotar os produtos das empresas que patrocinam esta atrocidade. Há produtos similares no mercado, é só falr com seu pediatra, nutricionista, etc. Vamos parar de assistir este programa MAIS VOCÊ e durante este horário vamos assistir outro canal, depois se você quiser, volte a assistir a globo. Eles não estão nem aí pra nossas opiniões, então temos que pegá-los no seu ponto fraco: O BOLSO!


Dec 07, 2012

É muito triste o que vemos. Vamos sim falar sobre e nos mobilizar para que essa exposição imbecil não aconteça mais e que pare antes do fim do programa. 2012 né Rede Globo (ou Bobo)? Estou notando que estamos andando pra trás. Que país. Além de tudo colocam esse sertanejo “universitário”, com letras totalmente descabidas para idades menores no programa p’ras crianças dançarem: e o mais incrível, as mães topam! IMBECIS. NÃO-MÃES.


Dec 07, 2012

[…] […]


Dec 07, 2012

Crianças não podem trabalhar.. ser explorada…
E o que essas mães estão fazendo com os filhos?!
Será que isso não é exploração, que não estão usando essses bebês?!

Nossa ehm que grande exemplo…


Dec 07, 2012

Eu assisti (assim como assisto outros Realityes… para poder criticar o que “conheço”) e achei um absuro do tal de Marcelo Bueno dizer que a infância tem marcos de desenvolvimento (isso OK) que o primeiro grande marco seria ANDAR e que o DESMAME seria o próximo marco… que prepararia a criança para o próximo marco: FALAR. Como se a criança que mama não fala! ABSURDO ISSO!


Dec 09, 2012

Gente, estamos em um momento crítico no tocante a programação de TV…desde o início dos BBB´s a televisao Brasileira desrrespeita os lares e familias…novelas q denigrem homens e mulheres…Jornais q buscam propagar somente desgraças e claro programas como o da Ana Maria Braga q não tendo mais como recorrer em busca de audiencia, lança mais uma pobreza como esse reality de bebes!Cabe a cada um de nós permitir ou nao que nossas casa contribuam p aumentar a audiencia dessas tolices,as quais so servem p engordar o salario dessa pobre apresentadora…DESLIGUEMOS ESSA PROGRAMAÇÃO E ESTAREMOS FAZENDO A NOSSA PARTE!!!! Eu já fiz isso a muito tempo…aliás programa da Ana Maria Braga juntamente com aquela tolice de papagaio…só merece essa atitude.


Dec 10, 2012

eu sinceramente ACHO É POUCO! quem manda participar desses programas, quem manda assistirem esses programas. Se essas mães estão ali fazendo oque fazem com seus BBs não é porque foram obrigadas.Agora a pergunta é até onde vai a GANANCIA de uma pessoa ao ponto de fazer um absurdo desses com os próprios filhos ( falo de pai e mãe) e por que o ministério publico deixa que uma coisa dessas seja veiculada? ao meu ver o poder de retirar um programa desse do ar é nosso, mas para isso precisamos quebrar vícios que estão enraizados como o de deixar a TV ligada em um canal como esse sem ter ninguém assistindo. vamos pensar um pouco, desligar a TV e sair da caverna.


Jan 20, 2013

Gente, é realmente um absurdo.
Já não basta fazerem as pessoas de fantoches, agora querem ridicularizar as mães e as crianças.
Quem assiste, por favor coloque a mão na consciência e desperte dessa ilusão da ilusão da ilusão.
Lucas



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



More Story
O poder do consumidor
Texto de Mariana Sá* Muitas perguntas e muitas respostas pipocam nas nossas cabeças quando assistimos a filmes como...