As estratégias de comunicação das corporações são questionadas também no México

Livre tradução do tópico da página mexicana Carnaval del Maíz – pessoas do diversos países do mundo questionam as estratégias de comunicação das corporações.

Há alguns dias, a empresa transnacional lançou no México a campanha “compartilhe felicidade”.

Mediante a personalização de 550 milhões de recipientes (de PET, alumínio e vidro) com nomes próprios e frases, pretende-se “fazer uma homenagem aos consumidores e compartilhar com eles momentos de felicidade”.

Entretanto nem tudo é uma doce felicidade, pois por trás desta elaborada campanha publicitária se escondem os acordos pouco transparentes entre a empresa e o governo (mexicano), os danos à saúde e o alto impacto ambiental causados pelas atividades da empresa e seus produtos.

Em estados como Chiapas, a empresa expulsou comunidades e povos nativos de seus territórios, privatizando e controlando o abastecimento de água em diversas áreas, através da apropriação de poços e mananciais.

O movimento #LasCosasPorSuNombre defende os recursos naturais e as vidas do México, pois valem mais do que quaisquer lucros. Convidamos todos a evitarem a compra de produtos nocivos para a saúde e o meio ambiente, BOICOTANDO A COCA-COLA E DEMAIS TRANSNACIONAIS QUE ADOTAM POLÍTICAS CONTRA A VIDA.

Para obter mais informações, visite os links a seguir (em espanhol):

La coca-cola vs los-indigenas en chiapas
Coca-Cola se apropia de pozos y manantiales en Chiapas: activista
Denuncian maniobras de Coca-Cola para adueñarse de agua en Chiapas
La multinacional Coca-Cola y su agua contaminada

Texto original:

Hace unos días la empresa transnacional trajo a México la campaña “# comparte coca cola con”.

Mediante la personalización de 550 millones de envases (de PET, aluminio y vidrio) con nombres propios y frases se pretende “rendir homenaje a lxs consumidorxs y compartir con ellxs momentos de felicidad.”

Sin embargo no todo es una dulce felicidad, pues detrás de la elaborada campaña publicitaria, se esconden los contubernios de la empresa con el gobierno, los daños a la salud y el alto impacto al medio ambiente que las actividades de dicha empresa y sus productos ocasionan.

En estados como Chiapas, la empresa ha expulsado a comunidades y pueblos originarios de sus territorios y privatiza/controla el suministro de agua en distintas zonas al apropiarse de pozos y manantiales.

‪#‎LasCosasPorSuNombre‬ Defendamos nuestros recursos naturales y nuestras vidas pues valen más que todas sus ganancias. Evitemos comprar productos nocivos para nuestra salud y medio ambiente, BOICOT A COCA COLA Y DEMÁS TRANSNACIONALES Y SUS POLÍTICAS DE MUERTE.

 

(*) Texto e imagem publicados na página do facebook Carnaval de Maiz em 21 de julho de 2014. 


Tags:  água Chiapas Coca-Cola México

Bookmark and Share




Previous Post
Classificar para proteger a infância
Next Post
As frutas, as ceras e o direito à informação clara



Mariana Sá




You might also like




0 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



More Story
Classificar para proteger a infância
Texto publicado anteriormente no Blog do Miro, no site do Centro de Estudos Barão de Itararé, de Thiago Cassis* Segundo...