Nossas crianças merecem mais

Texto especial para o Milc de Vanessa Anacleto*

Todos os anos na época que antecede a festa da páscoa, cada vez mais, túneis de ovos e mais ovos. Todos iguais em seu desprezo pelo cacau e pela infância. Pouco chocolate, muito açúcar e um copinho, um carrinho, uma lancheira. A ação deliberada de nos convencer de que levamos vantagem quando tudo o que levamos, de fato, é um cacareco a mais, que será esquecido junto aos demais cacarecos em casa. É o ovo da princesa, é o ovo do herói. E o símbolo da páscoa infantil fica resumido ao brinde.

Se vamos comemorar, nossas crianças merecem mais. Merecem uma celebração de Páscoa por inteiro. Merecem conhecer as histórias, independente da religião. Merecem saber o que significa a páscoa, a pessach, a ressurreição. As crianças merecem saber  por que motivo o coelho  ganhou essa festa há algum tempo atrás e o que os ovos significam.

Nossas crianças merecem viver por inteiro com signos e significados adequados a cada idade e orientação religiosa familiar. Elas merecem mais que um mero produto industrializado com menos de 50% de chocolate de verdade, na forma oval, recheado de ar com um brinde de um personagem que nenhuma relação tem com a páscoa.

Nossas crianças merecem  pequenos ovos pintados escondidos na manhã de domingo  e todo nosso empenho para achá-los. Merecem chocolate real e caseiro amorosamente embrulhado  em papel de seda e celofane colorido ao invés da impessoalidade da linha de produção. Elas merecem o melhor, não é para isso que vivemos? O melhor de nós em qualidade de tempo e viver docemente uma páscoa real e repleta de significado, daquelas que nunca se esquece. E este é  o tipo de coisa que não se compra em loja: felicidade.

Imagem da web

(*) Vanessa é mãe do Ernesto, escritora, blogueira e co-fundadora do Milc.

 


Tags:  #pascoalivre #pascoalivredeconsumismo licenciados Páscoa proteção à criança

Bookmark and Share




Previous Post
Crianças protegidas não choram por brindes xexelentos
Next Post
Por que não aguentamos mais tantos manuais de instrução



Mariana Sá




You might also like




0 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



More Story
Crianças protegidas não choram por brindes xexelentos
Recebemos este email e começamos a sonhar com um Brasil de crianças protegidas: Queridos amigos do MILC, Em reposta...