destaque_home / escola / 26 de agosto de 2015

Comida na escola: inspirações para lancheiras, cantinas e refeitórios – caso 4

Texto especial para o Milc de Mariana Sá*

Até agora apresentamos casos de iniciativas mais complexas sobre como atuar dentro dos muros da escola para promover a alimentação infantil (veja aqui o caso 1, da Lanche.Co, o caso 2 da Papinha da Vovó e o caso da Mais Nutrido).

Acreditamos que a escola é um espaço privilegiado para o desenvolvimento de bons hábitos alimentares. Também acreditamos que a escola, em estreita parceria com a família, pode ser um agente de mudanças em grande escala porque cada criança com bons hábitos alimentares acaba por impactar dois ou mais adultos. Podemos pensar na escola e na família como uma via de mão dupla: a família tem impacto na escola que tem impacto na família. Daí, quando a escola não cuida dos produtos alimentícios que são oferecidos nas suas dependências, passa um atestado de que não se preocupa com a criança na sua integralidade.

Isso pode parecer radical, mas as crianças passam tempo demais na escola para desprezarmos o seu impacto na formação de hábitos e valores, inclusive os relacionados à saúde e alimentação. Porém, infelizmente, para muitas escolas, a alimentação não ganhou prioridade. Muitas escolas ainda terceirizam a sua cantina junto a empresas e empreendedores que não possuem qualquer responsabilidade com as crianças e oferecem apenas aquilo que é mais fácil obter, armazenar e vender. São poucas as que fazem exigências aos seus prestadores por produtos frescos e saudáveis.

Hoje vamos conhecer uma mãe que não encontrou uma escola que aliasse a metodologia que ela escolheu com a qualidade da cantina que ela desejava. A partir deste dilema – dela e de outras mães amigas – começou a fornecer lanches para alunos que não se contentaram com a cantina: nascia o Minha Merenda.

Vamos apresentar uma ideia, uma esperança, para aquelas pessoas que não tem capital, coragem ou apoio da direção para empreender um projeto de comida de verdade na escola na sua integralidade como apresentamos até agora. É uma iniciativa mais simples de replicar Brasil e mundo afora: com estudo, treino e prática, você – mãe ou pai que já manda lanche para seu filho para escapar das porcarias alimentícias das cantinas – pode começar um pequeno negócio. Conheçam Briza, idealizadora do Minha Merenda em Campinas SP e inspirem-se:

Este kit do dia contém mix de frutas com morango, laranja lima e maçã; suco de melancia; bolo de maracujá com açúcar baunilhado

Este kit do dia contém mix de frutas com morango, laranja lima e maçã; suco de melancia; bolo de maracujá com açúcar baunilhado

Depoimento especial para o Milc de Briza Gozzi*

Sempre me preocupei muito com a alimentação dos meus filhos. Na fase da educação infantil, considerava a alimentação oferecida pela escola o fator número um para minha decisão. Porém este ano, meu filho maior, teria que mudar para uma “escola grande”, com conceito normal de cantina e lanches de casa. Desta vez, a escolha precisou ser baseada na metodologia de ensino e para administrar isso contei com a vantagem de ter a opção de poder levar lanches caseiros e evitar os produtos de baixa qualidade oferecidos na nova.

Algumas mães da escola antiga, conhecendo minha chatice para alimentação, me procuraram e pediram se eu não poderia enviar o lanche dos filhos delas também. E foi assim, num chopp de final de ano, que a Minha Merenda surgiu.

Como já fazia gastronomia e colocava em prática tudo que minha melhor amiga nutricionista indicava, foi fácil: me apaixonei pela ideia e pelo projeto!

Hoje forneço kits saudáveis para os pais sem tempo e preocupados com a alimentação de seus filhos.

O kit é composto diariamente por:
– 200 ml de suco natural;
– fruta;
– carboidrato CASEIRO.

kit

Pizza feita com farinha integral orgânica e inhame, acompanhada de mix de uvas e suco de laranja

Não usamos pré-mescla (que é uma mistura pronta para pães e bolos), corantes, conservantes, realçadores de sabor, embutidos, primando pelos melhores ingredientes sempre. A produção é diária e entregue ao aluno na entrada da escola.

Usamos de muita criatividade para transformar ingredientes nutritivos em deliciosas e atrativas receitas. Fazemos pães de beterraba, espinafre, couve, cenoura, mandioquinha, ervas, etc. Nossa famosa pizza é integral e feita com inhame ou batata doce na massa. Nossos deliciosos bolos são um verdadeiro arco iris, coloridos pela beterraba, abobrinha, talos, cenoura, cacau (1x por mês), laranja, tangerina e muito mais.

Pão de Beterraba: sem corante e sem conservante. Para chegar nesse tom, só muitaaaaa beterraba, braço e amor!

Pão de Beterraba: sem corante e sem conservante. Para chegar nesse tom, só muitaaaaa beterraba, braço e amor!

Nosso cardápio é elaborado semanalmente e divulgado no facebook, além de direcionado aos pais que possuem pacotes.

Exemplo de cardápio

Exemplo de cardápio

Estamos muito felizes com os resultados. A cada dia encontramos mais pessoas conscientes da importância da alimentação saudável.

Inspirações:

Este kit contém pãozinho caseiro de ervas, fresquinho fresquinho; suco de manga, que mais parece um creme; e maçã:

Este kit contém pãozinho caseiro de ervas, fresquinho fresquinho; suco de manga, que mais parece um creme; e  maçã

No hamburguer da Minha Merenda tem mil nutrientes bem escondidinhos.
O INHAME que foi usado na massa do pão.
A LINHAÇA DOURADA ORGÂNICA
A ABOBRINHA raladinha, que estão misturadas na carne, SALSINHA, CEBOLINHA, e outros temperinhos:
O acabamento charmoso na cobertura ficou por conta da CHIA.

hamburger

Bolo do Hulk ou melhor, o bolo de espinafre orgânico da Minha Merenda:
Para quem não sabe, o espinafre, como as demais folhas verdes escuras, é rico em cálcio. Muitos pensam que criança precisa de leite por conta do cálcio, mas existem muitas outras maneiras nutritivas de ter o cálcio na alimentação infantil.

bolo

Frutas:

melão

melão
uva

uva

pokan

Pokan já descascada e sem pedinchões para facilitar pra garotada

 

(*) Briza é economista, fotografa, chef, mãe de dois e idealizadora do Minha Merenda Campinas. Para conhecer um pouquinho da iniciativa, entre no www.facebook.com/minhamerendacampinas

Mariana é mãe de dois, publicitária e mestre em políticas públicas. É cofundadora do Milc e membro da Rebrinc. Mariana faz regulação de publicidade em casa desde que a mais velha nasceu e acredita que um país sério deve priorizar a infância, o que – entre outras coisas – significa disciplinar o mercado em relação aos direitos das crianças.


Tags:  #comidanaescola alimentação escolar alimentação infantil alimentação saudável comida na escola publicidade de alimentos

Bookmark and Share




Previous Post
Blogs maternos não comerciais: eles existem e são bons demais!
Next Post
Um convite para nos preocuparmos menos



Mariana Sá




You might also like




6 Comments

Aug 26, 2015

Que maravilha perceber que mais pessoas estão tomando a mesma iniciativa que nós tomamos! Vamos revolucionar a alimentação nas escolas e levar saúde e conscientização para as nossas crianças. Estamos tentando fazer a diferença em Ubatuba e enviamos nossos lanches para todo o Brasil! Conheçam nossa Merendinha do Bem! 🙂


Aug 26, 2015

Marina, fiquei super feliz em ver a Minha Merenda por aqui. Fiz um resuminho da história de como a Minha Merenda surgiu e enviei, como ninguém me retornou, tinha dado o assunto como encerrado. Fiquei realmente muuuuito feliz com o seu post! Obrigada pela divulgação da nossa história!!


Aug 27, 2015

Parabéns, Briza! Muito sucesso!


Aug 29, 2015

Que maravilha pena que aqui onde moro não tem essa comodidade. Se eu tivesse tempo também faria pra vender. Além disso a saúde da criançada que interessa.


Mar 30, 2016

Boa noite!
Meu filho estuda na Escola Brincando com a Gente ( Guanabara – Campinas ), e me deram uma referencia sobre vocês. Me interessei, gostaria por gentileza de saber como é o trabalho de vocês , o cardápio da semana se possível, o valor,como funciona pagamento, enfim, será que tem como me mandar por Email por favor?
Meu filho Vitor, tem 03 anos, ele é da turma Infantil, e estuda período integral, das 07:30 as 17:30.

Obrigada, aguardo um retorno



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



More Story
Blogs maternos não comerciais: eles existem e são bons demais!
Texto especial para o Milc de Anne Rammi* Na última incursão do Milc refletindo sobre a campanha de publicidade abusiva...