escola / 15 de setembro de 2015

Comida na escola: inspirações para lancheiras, cantinas e refeitórios – um desabafo

Texto de Thayse Alves*

Desde que me tornei mãe, minha visão para a alimentação tem mudado radicalmente! Faço o possível para evitar que meu filho seja consumista como eu fui… Me esforço para que ele tenha uma alimentação saudável e livre desses industrializados cheios de marketing!

Mas tenho tido algumas dificuldades desde que ele entrou na escola. A escola infelizmente não preza por uma alimentação saudável e vende de tudo! Tudo!  Não o troco de escola porque ele tem bolsa integral e o colégio é um dos melhores da cidade. Mas a alimentação fica a desejar. Converso, quando posso, com algumas mães. Sinto q elas também se incomodam com algumas coisas na alimentação, mas não fazem nada para mudar, seja por falta de tempo, comodismo mesmo etc.

Cada dia faço uma lancheira diferente e divertida para meu filho. E isso tem atraído os outros amiguinhos da classe, professores e pais. Como posto no facebook e instagram as receitas e as lancheiras, tenho percebido que muitas mães de outras escolas de interessaram. Estão me pedindo curso, palestra, receitas, etc. Estou me organizando com minha irmã para abrir uma empresa de lanches saudáveis e dicas online de receitas e montagem de lancheiras. Realmente existe a necessidade de uma alimentação saudável em meio a tantos industrializados para crianças tão novinhas.

Infelizmente tem uma parcela (grande) de “amigos” que até me criticam, me chamando de radical, natureba, fresca e outros adjetivos. Mas que não me incomodam, sabe? Faço esse tipo de alimentação não só na escola mas também em casa e nas festas de aniversário dele.

Meu filho ama o lanche que leva para a escola. Ama o que come. Adora comer e fico feliz em ver que ele (pelo menos ainda) não se interessa por essas comidas horríveis cheias de conservantes e corantes.

(*) Thayse é mãe de Sanuel de três anos, bióloga, pós-doutoranda em Desenvolvimento de Processos Ambientais e doutora em Engenharia química pela UNICAMP. Você encontra ela no Facebook e no Instagram @thaysealvesilva.

Tags:  #comidanaescola alimentação escolar alimentação saudável comida de verdade comida na escola publicidade de alimentos

Bookmark and Share




Previous Post
De saco cheio: Seu filho está obeso e a culpa é toda sua (e dele)
Next Post
Procura-se uma escola que saiba dizer não 2 - a saga continua



Mariana Sá




You might also like




3 Comments

Sep 15, 2015

Muito bom!!


Sep 15, 2015

Sou fã das lancheiras de Samuel e acho que é isso aí! Não desanime e não se preocupe com os outros. Pense nele e em vocês e só. Os outros estão ao nosso redor e merecem nossa atenção de serem outros, mas não têm o poder de interferir no que vocês fazem de melhor pra elezinho.
Parabéns! !! Tô aqui , seguindo, anotando e babando!


Sep 16, 2015

Que amigos são esses que criticam???
Estão querendo discutir com uma doutora em engenharia química???
Deixe eles intupirem os filhos de produtos industrializados enquanto o Samuel cresce saudável, feliz e sem frescura!!!
Abram logo essa empresa de lanches saudáveis que quando eu tive um filho vou precisar dos serviços e consultoria de vocês!!!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



More Story
De saco cheio: Seu filho está obeso e a culpa é toda sua (e dele)
Texto especial para o Milc de Anne Rammi* A indústria que coloca alimentos insalubres hiperprocessados carregados de todos...