escola / publicidade de alimentos / 19 de novembro de 2015

Comida na escola: inspirações para lancheiras, cantinas e refeitórios – caso 5

Texto especial para o Milc de Elma Monteiro e Danielle Gusmão*

Apresentação de Mariana Sá*

No início do mês de junho, o Milc publicou um post sobre a responsabilidade das escolas na educação alimentar das crianças e conversamos muito sobre a lancheira da filha de Bela Gil. E desde então estamos felizes em perceber que surgem Brasil afora experiências bem sucedidas de pessoas que resolveram transformar em pequenos e médios negócios a promoção da saúde via boa alimentação também no ambiente escolar, juntando a necessidade de pagar as contas e o desejo de fazer diferença no mundo. Desde julho, estamos contando a história de mães (e pais!) que, movidos pela insatisfação com a alimentação consumida pelas crianças na escola, resolveram promover mudanças e hoje tiram o seu sustento de pequenos (ou médios, tomara que grandes, um dia!) negócios voltados a celebrar a boa alimentação e a saúde desde a infância.

Hoje vamos conhecer a Econutrir, uma iniciativa de Danielle Gusmão e Elma Monteiro. É com muita alegria que contamos um pouco da história desta iniciativa que emociona porque reúne muitas coisas bacanas para as mães e os pais de Belo Horizonte: soluções em congelados para quem precisa de papinhas e comidinhas prontas e lanches para as crianças levarem para a escola, além de opções para festas saudáveis. Tudo livre de conservantes e de ingredientes transgênicos.

Em seu processo produtivo, não usam pré-mescla nos pães ou maionese e embutidos nos patês e utilizam azeite de oliva ou manteiga nas massas das tortas. Privilegiam ingredientes agroecológicos, sem agrotóxico. Para adoçar, sempre que possível, utilizam o melaço de cana, açúcar mascavo ou demerara. Os achocolatados das festas são substituídos por chocolate de verdade ou por cacau em pó, a depender da receita.

Mães, pais crianças: aqui todos os "causadores" da econutrir: adultos pelas crianças!

Mães, pais, crianças: aqui todos os “causadores” da Econutrir: adultos pelas crianças!

VAMOS LÁ:

Na imagem em destaque vemos Danielle e Elma, idealizadoras da Econutrir participando de Feira Agroecológica, onde há exposição de produtos da agricultura familiar e economia solidária. Esse foi um evento do Conselho de Segurança Alimentar (CONSEA) em celebração ao Dia Mundial da Alimentação onde a Econutrir ministrou a Palestra: “A lancheira do seu filho, nutrição e sustentabilidade”, dando orientações sobre como montar a lancheira das crianças.

Feira agroecologia dia da alimentacao (1)
Feira agroecologia dia da alimentacao (3)

AGRICULTURA

Parte crescente dos ingredientes utilizados pela Econutrir é proveniente da Agricultura Familiar. Isso se faz possível através de parcerias como a estabelecida com o CSA-Minas. O CSA (Comunidade que Sustenta a Agricultura) é uma iniciativa em que interessados (coprodutores) adotam um produtor. Ou seja, pagam um valor mensal para que ele produza alimentos sem agrotóxicos e com respeito ao meio ambiente. Quem fiscaliza são os próprios coprodutores e isso reduz a necessidade do selo de orgânico como garantia do cultivo sem agrotóxico, pois o consumidor faz parte do monitoramento. Esse é um exemplo de circuito curto de consumo onde não há atravessadores. A Econutrir apoia e participa de relações em que não há exploração do homem, em que não há exposição ao risco químico dos agrotóxicos e em que há respeito à natureza e acordos justos. Esse é um exemplo da cesta semanal ofertada pelo CSA-Minas. Para maiores informações sobre o CSA-Minas, veja no link abaixo: link para obter uma explicação bem completa.

Cesta agroecologica

Cesta agroecológica

 

Danielle, sócia-proprietária da Econutrir, ajuda no monitoramento da produção e realiza visitas ao campo. Nessa foto, ela e o produtor, MárciO, estão colhendo o alecrim que será utilizado na produção de biscoito de batata baroa:

Colheita Produtor e Dane

Colheita: produtor e Danielle

 

Márcio fazendo colheita do alho-poró utilizado em alguns de nossos patês:

Colheita produtor

Colheita de alho poró

Na próxima imagem, vemos Flora, filha da Danielle, em meio à horta. “Sempre levamos nossas filhas para visitar a horta, no dia de plantar. O dia de plantar é um convite para que todos os coprodutores visitem e conheçam seus produtores e sua plantação. As crianças participam e interagem com a natureza, descobrem o valor do alimento, do trabalho e experimentam essa liberdade do campo e do contato com a terra”.

Contato com a natureza

Contato com a natureza

 

Danielle e Elma participando do plantio e aprendendo um pouco mais sobre a terra e seus valores:

Dia de plantar

Dia de plantar

 

Na próxima imagem, estão presentes, Beatriz (filha da Elma), Elma, Flora (filha da Danielle) e a Danielle. “Demonstramos às nossas filhas o ato de plantar e a magia da terra como origem dos alimentos. Ensinamos o valor do trabalho e das pessoas que cultivam os alimentos que compõem a nossa mesa. Nossa ideia é que, em parceria com escolas, possamos fazer um intercâmbio entre os alunos e o campo. Valorizando, assim, o trabalhador, sua família, a terra, a água e o ar, contribuindo para hábitos mais saudáveis. Defendemos o valor social da alimentação desde a infância”.

Ensinando a plantar

Ensinando a plantar

 

Para sustentação da sua proposta agroecológica, a Econutrir busca o estabelecimento de parcerias. Na imagem, servidores da Fundação Caio Martins (FUCAM) e as sócias da Econutrir dialogam sobre a possibilidades de apoio mútuo.

FUCAM

FUCAM

 

Plantação de alface do Márcio do CSA-Minas.

Horta 1

Horta

 

A Econutrir apoia também iniciativas de agroecologia urbana em Belo Horizonte. Na imagem, o Sr. Durvalino, principal responsável pela horta da Vila Cafezal no Aglomerado da Serra, está colhendo abobrinha italiana para as papinhas Econutrir. Esta horta é uma iniciativa da comunidade e conta com apoio do Grupo Aroeira da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Horta Cafezal

Horta Cafezal

 

Esta foto ilustra a troca de experiências com o agricultor. “Valorizamos a interação com o produtor e a partilha de saberes”

 

Horta

 

EVENTOS:

A Econutrir busca dar suporte à maternagem e suas nuances. Por isso, aproxima-se de grupos de mães que buscam empoderamento e qualidade de vida para suas famílias. Na imagem, a Econutrir participando de um piquenique sob a organização do Grupo Mães do Castelo.

Mães do Castelo

Mães do Castelo

 

FESTA SAUDÁVEL

A Econutrir organiza, preferencialmente, festas em ambienes externos, aproveitando os parques e praças de Belo Horizonte.

Festa ao ar livre

 

“Sempre que possível, utilizamos o mínimo de descartáveis ou optamos por embalagens de papel. Nesta foto, usamos como recipiente para a melancia a casca do maracujá.”

Dispensando embalagens

Dispensando embalagens

 

“Optamos sempre em oferecer doces de frutas. Nosso cardápio para festas inclui muitas opções de doces, todos caseiros, com pouco ou sem açúcar, ou usando melado, açúcar mascavo ou demerara. Contamos com a criatividade e talento da doceira Heloisa Diniz, da empresa Doces da Helô.”

Doce de banana

Doce de banana

Espetinhos em bambu:

espetinho de queijo com tomate e manjericão

espetinho de queijo com tomate e manjericão

 

Iogurte preparado pela Econutrir:

Iogurte grego caseiro e kiwi

Iogurte grego caseiro e kiwi

Um sucesso entre as crianças:

Picolé de melancia

Picolé de melancia

 

LANCHES CONGELADOS

A Econutrir alia praticidade, sabor e saúde nas opções de lanches. Como os produtos não contém conservantes são comercializados congelados. “Fazemos uma releitura saudável de pães, bolos e biscoitos, sempre buscando melhorar o valor nutricional dos produtos. Todos os ingredientes são cuidadosamente selecionados e os lanches preparados segundo os princípios da alimentação saudável.” A receita do biscoito de baroa (mandioquinha) foi inspirada no blog As delícias do Dudu, com algumas modificações.

Biscoito de baroa

Biscoito de baroa

 

Biscoito de polvilho com inhame, desenvolvido pela Econutrir. “Parece o biscoito de polvilho tradicional, sequinho e crocante, mas com uma releitura mais nutritiva”

Biscoito de inhame

Biscoito de inhame

 

“Nossa bisnaguinha é artesanal e integral. Uma opção para substituir com mais saúde a bisnaguinha tradicional industrializada”.

Bisnaguinha integral

Bisnaguinha integral

 

Os bolinhos e tortinhas da Econutrir são saborosos e nutritivos. Ótima opção de lanche!

Tortinha integral de espinafre:

Bolinho de espinafre

Tortinha integral de espinafre

 

Bolinho de banana orgânica com cacau:

Bolinho de banana com cacau

Bolinho de banana orgânica com cacau

 

Pão de batata:

Pão de batata

Pão de batata

 

Pão de cenoura:

Pão de cenoura

Pão de cenoura

KIT LANCHE

“Desenvolvemos uma solução para tornar mais prática a montagem diária da lancheira das crianças sem perder a qualidade. Conheçam o Kit Lanche Econutrir. Os pães e bolos são fornecidos assados e congelados, prontos para reconstituição no forno convencional ou microondas. Faz parte do Kit: 1 pão de batata, 1 pão de cenoura, 1 bolinho de banana com cacau, 1 tortinha de espinafre e 2 bisnaguinhas integrais. Uma opção para cada dia da semana!

Kit lanche

Kit lanche

 

PAPINHAS

A Econutrir permite que as mães e pais tenham tranquilidade quanto à alimentação dos seus filhos, em qualquer lugar. “Incentivamos sempre a família a preparar a comida do filho e oferecemos as papinhas Econutrir em ocasiões em que não for possível oferecer a comida de casa. Prezamos muito pela autonomia da família.”

Um cliente especial degustando

Um cliente especial degustando

 

Papinha de pêra, manga e maçã:

Papinha de frutas

Papinha de frutas

 

Papinha de abóbora, feijão carioca, carne bovina, couve, temperos naturais. As papinhas são oferecidas também nas opções sem sal e vegetariana:

Papinha refeição

Papinha refeição

 

Apresentação da Papinha: rótulo com informação nutricional, ingredientes, lacre com data de validade e orientações de preparo:

Rótulo

Rótulo

 

A embalagem é de plástico, mas livre de BPA. “Sabemos e consideramos a questão do plástico para o meio ambiente. Estamos atentas a encontrar uma melhor solução.

Imagens de Elisa Monteiro – Gentilmente cedidas por Recordar Fotografia.

Conheça outros casos da série: http://milc.net.br/tag/comidanaescola/

(*) Danielle é Mãe de Flora, primavera de menina que veio transformar lagarta em borboleta. Empreendendo no ramo de alimentação infantil é preocupada com a qualidade de vida das gerações futuras e objetiva agregar Nutrição e Sustentabilidade. Nutricionista, especialista em Alimentação Coletiva pela UFOP e em Sustentabilidade e Responsabilidade Social pela UNA. Ávida por dar suporte à maternagem e por exercer a empatia pelas famílias em suas rotinas. Comprometida em promover um conceito inovador em alimentação infantil e a semear a alimentação saudável e sustentável. Atualmente sente imenso orgulho ao apresentar a todos uma empresa cheia de valores, a Econutrir.

Elma é Mãe de Beatriz, a poesia da vida. Cria e recria receitas de papinhas e lanches, incentivada pela maternidade. Nutricionista pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), especialista em Saúde Coletiva busca aliar seu conhecimento e sua vontade de ajudar outras mães a cuidarem da alimentação dos filhos por meio de uma empresa que respeita a infância, a Econutrir.

Mariana é mãe de dois, publicitária e mestre em políticas públicas. É cofundadora do Milc e membro da Rebrinc. Mariana faz regulação de publicidade em casa desde que a mais velha nasceu e acredita que um país sério deve priorizar a infância, o que – entre outras coisas – significa disciplinar o mercado em relação aos direitos das crianças.

Dados de contato da empresa:
Endereço: Rua dos Construtores, 424, Alípio de Melo. Belo Horizonte – MG.
Telefone e whatsapp: (31) 9609-0343
Site: www.econutrir.com
Facebook: www.facebook.com/econutrir
Instagram: @econutrir

 


Tags:  #comidanaescola alimentação escolar alimentação infantil alimentação saudável comida na escola publicidade de alimentos

Bookmark and Share




Previous Post
O que aconteceu com as viagens em família?
Next Post
As crianças na mira da indústria do tabaco



Mariana Sá




You might also like




0 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



More Story
O que aconteceu com as viagens em família?
Texto especial para o Milc de Mirtes Aquino* Adoro viajar! Tanto faz se é pra perto ou pra longe – adoro viajar!...