destaque_home / milc / 1 de agosto de 2016

200 mil com o Milc

Quando o Movimento Infância Livre de Consumismo começou ninguém pensou muito nas consequências. Ninguém pensou que seríamos tão bem recebidos pelos pais e mães que nos leriam. Ninguém pensou que em nossas palestras veríamos tantos sorrisos de cumplicidade e cabeças balançando em nosso favor.

O Milc é um filho não planejado, sabe? Nascido do inconsciente de pais e mães inconformados com o jeito que a mídia conversa com as crianças.

Não podemos fingir que não foi de improviso, porque foi. Não podemos fingir que não foi no susto, por que foi. No improviso, no susto e sem medir as consequências. Criamos uma página e começamos a produzir conteúdo feito malucas. Todas as coisas que sempre quisemos dizer foram ditas aqui. Na página de facebook, no blog, no instagram e no twitter vomitamos nossa indignação, chamamos atenção, desmascarados empresas sem compromisso com a infância, gritamos.

No início gritavamos só pra dentro da Kombi. Éramos aplaudidas sem exceção, pois falávamos apenas com pessoas iguais a nós. Com o crescimento precisamos nos adaptar não ao desacordo pois a página cresce cada vez mais. A adaptação é ao sucesso. Páginas de sucesso tem o espaço de comentários semelhante a uma praça de guerra nonsense. É um tal de “nossa como vocês são chatos” e “cada um é livre pra fazer o que quer, por que vocês implicam tantos?”

Sabemos que comentários assim não vem da nossa audiência diária e fiel, mas de pessoas que acabam tendo um primeiro contato com a página num post com tema polêmico. Sim, somos chatos e sim, cada um é livre para fazer o que quiser. Nos escolhemos editar esta página e movimentar os debates em torno da infância. Quer debater, puxe a cadeira e nos acompanhe.

Milc200k

make animated gifs like this at MakeaGif

Obrigado por fazer parte dos 200 mil mães, pais, simpatizantes e defensores da infância que recebem nossas publicações e ajudam a fazer com que nosso conteúdo chegue diariamente a milhões de pessoas.

Continuaremos por aqui enquanto durarem nossos estoques de provocação à indústria da mídia que insiste em assediar crianças para o consumo desenfreado.


Tags:  200 mil 200k agradecimento audiência movimento

Bookmark and Share




Previous Post
A publicidade infantil como prática ilegal à luz do código de defesa do consumidor e da Constitução Federal
Next Post
Mães na internet: a alternativa ilegal que a indústria usa para anunciar



Movimento Infância Livre de Consumismo




0 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



More Story
A publicidade infantil como prática ilegal à luz do código de defesa do consumidor e da Constitução Federal
Texto especial para o Milc de Melissa Areal Pires e Renan Alvino* Não é novidade que hodiernamente vivemos em uma sociedade...