outros / 10 de julho de 2012

Control Toys

Esta é a chamada da nova temporado do Programa Supernanny, do SBT:

Esta é a explicação da ação que corre o risco de ganhar prêmio:

É óbvio que esta ação é uma brincadeira e que a Supernanny está afirmando que existem outras formas de adestramento infantil.

Mas vamos lá: suponha que exista um programa que ensine aos homens formas de se relacionar melhor com as mulheres. Aceitaríamos a propaganda mostrasse mulheres sendo puxadas pelos cabelos, sendo acorrentadas aos fogões, pilotando carrinho de supermercado e depois viesse a locução: “existem maneiras melhores de educar sua esposa”?.

O problema desse comercial é o mau gosto extremo e a forma desrespeitosa com que trata a infância. Mesmo sendo uma brincadeira.

Vejam que quando os pais descobriam que era da Supernanny, nenhum ria. Ficava aquele sorrisinho amarelo, meio de quem não entendeu direito a mensagem.

Agora vejamos o que diz a autorregulamentação:

Artigo 19 – Toda atividade publicitária deve caracterizar-se pelo respeito à dignidade da pessoa humana, à intimidade, ao interesse social, às instituições e símbolos nacionais, às autoridades constituídas e ao núcleo familiar.

Artigo 20 – Nenhum anúncio deve favorecer ou estimular qualquer espécie de ofensa ou discriminação racial, social, política, religiosa ou de nacionalidade.

Artigo 21 – Os anúncios não devem conter nada que possa induzir a atividades criminosas ou ilegais – ou que pareça favorecer, enaltecer ou estimular tais atividades.

Artigo 37 – Os esforços de pais, educadores, autoridades e da comunidade devem encontrar na publicidade fator coadjuvante na formação de cidadãos responsáveis e consumidores conscientes…E mais:

I – Os anúncios deverão refletir cuidados especiais em relação a segurança e às boas maneiras e, ainda, abster-se de:

c. associar crianças e adolescentes a situações incompatíveis com sua condição, sejam elas ilegais, perigosas ou socialmente condenáveis;

i. utilizar situações de pressão psicológica ou violência que sejam capazes de infundir medo.

Diante de tudo isso, você acha que esta campanha é respeitosa? Você acha que é digna uma comunicação como esta anunciar o programa de uma educadora? Você acha que esta campanha deve ficar no ar?


Tags:  autorregulamentação educação infantil SBT Supernanny

Bookmark and Share




Previous Post
Mães ocupam Brasília: dos teclados para o Congresso
Next Post
A falácia do poder de consumo infantil



Mariana Sá




You might also like




0 Comment

Jul 11, 2012

Além de ser chocante (sou florzinha demais?) o visual é de propaganda “normal” de brinquedo infantil então fico pensando no que a criança pensa vendo isso! De MUITO mau gosto!


Jul 11, 2012

Nojento! Desculpe o preconceito, mas às vezes não dá mesmo pra evitar: só podia ser americano! eu sei que isso é generalizar, mas fala sério, isso é a cara daquele pior lado dos estados unidos, ignorante e cheio de ego, achando que é o umbigo do mundo, passando por cima do respeito por todas as coisas…! Asco!


Jul 17, 2012

pra minha filha eu comprei muito bom


    Jul 17, 2012

    Você não comprou, pois não está à venda. É apenas uma brincadeirinha para vender um método de disciplina, este sim disponível. O questionamento aqui é como uma educadora se vale de uma estratégia de comunicação como esta para melhorar a audiência do programa. A questão aqui é discutir também o grau de vulnerabilidade que se encontram pais que compram uma ideia como esta.


Jul 18, 2012

Pessoal , mas o que é isso , quanto desrespeito a criação solta da criança , isso quer dizer que as crianças não podem mas ser livres , não podem brincar nem nada que se pareça com diversão .

Sinceramente um Absurdo !!!


Jul 19, 2012

A propaganda chamou minha atencao. Inteligente, provocante e mostra que nao existe crianca hiperativa, existe crianca mal educada.


    Jul 20, 2012

    Será que estes métodos são os melhores para educar as crianças. Já assisti o programa algumas vezes: o que existe não é criança mal educada, é pai que não dá a mínima para as reais necessidades dos filhos. Estes brinquedinhos deviam ser usados por eles! #prontofalei


      Jul 25, 2012

      depende da educaçao que a criança recebe.si vc ta falando isso e por provavelmente vc teve uma pessima educaçao nenhuma mae e nenhum pai com juizo o bastante compraria qualquer um desses “brinquedos´´


Jul 19, 2012

eu presciso da jaulinha feliz pra minha irmã onde se encontra?


Jul 20, 2012

euuu achu que devem tirar esssaaaa prrropaggaandaaaa pooorr qquuueeee éee deee MMUIIITTTOOO mmmaaauuu gossstttoooo


Jul 24, 2012

A propaganda é instigante, bem elaborada e criativa. Uma propaganda tem como Objetivo de vender um produto, nesse caso o programa, o objetivo foi atingido de forma excepcional. De uma forma simples a propaganda apresenta um problema uma Solução, que no caso seria inadequada, e por fim uma segunda solução, a melhor ou a correta. Atingindo assim o público alvo com uma grande eficácia.


Jul 25, 2012

acho isso uma “palhaçada´´ uma propaganda de muito mal gosto i pra mim nao atingiu porcaria nenhuma de “publico alvo´´ se vc pensa assim vai se tratar pq vc ta precisando


Jul 29, 2012

fez bem


Jul 31, 2012

“cadeirão bebê amarradinho”??..não seria cadeirão bebê torturadinho??? é muita cara de pau…só faltou colocar um fio ligado à cadeira pra dar “choquinho” quando a criança tentasse sair, porque é muita burrice alguém achar q a criança vai querer ficar lá!, é essa “jaulinha” nem se fala né? ABSURDO!


Jul 31, 2012

E ainda tem uma tal de “camisa de força carinhosa” e uma “bola de ferro feliz” …pelo amor de Deus…isso vem de gente psicopata.


Aug 01, 2012

Não sei pra quê toda essa revolta. Essa, de fato, foi uma propaganda criativa e até divertida. Se esses brinquedos não existem então por que que vocês se aborrecem a toa? Ainda acho que as crianças aqui são todos vocês que ficam fazendo comentários sem pé e nem cabeça e toda vez que essa propaganda for exibida o que vocês devem fazer é rolar de rir.


Aug 06, 2012

Isso pode dar má ideia para as pessoas não normais.Deveriam tirar essa propaganda o quanto antes.


Aug 06, 2012

se isso existisse eu iria amarrar os criadores desse comercial com a camisa de forca,ia colocar os pés deles na bola de ferro,ia trancar no cercadinho e ia colocar fita adesiva na boca deles e os ia chicotiar pare ver se eles gostam de sofrer assim como essas pobres criancinhas!!!!!!!


Sep 20, 2012

Vcs são muito ranzinzas. Precisam rir mais da vida. A propaganda passa uma mensagem bem humorada para vender o programa. Só isso. Eu adorei. Meus filhos deram risada. Não queria ser filhos de vcs. Vai ser de mal com a vida assim no fim do mundo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



More Story
Mães ocupam Brasília: dos teclados para o Congresso
Por: Tais Vinha Aconteceu algo inédito sob o céu esplendoroso de Brasília. Pela primeira vez, um grupo de mães e pais...