publicidade de alimentos / 22 de abril de 2013

A maçã do palhaço

Texto de Maria da Silva*

No início de março, fui com minha família a um aniversário na lanchonete do palhaço. Já frequentei muitas vezes esta rede de fast food, principalmente na adolescência, mas desde que minha filha foi apresentada ao mundo dos alimentos sólidos, o que me introduziu no mundo das reflexões sobre alimentação saudável, eu não frequento suas lanchonetes. E por sorte do destino, até então nenhum convite destes tinha surgido. Aliás, quando o convite chegou, vivi alguns minutos de impasse, com uma vontade enorme de ignorá-lo e tocar a vida como se nada tivesse acontecido. Mas o aniversariante é uma criança muito próxima e querida de nós. Então respirei fundo, comprei o presente e fiquei me repetindo que uma vezinha na vida não traria tantos danos.

Quando a garçonete chegou, minha filha, que tem mais dedos numa mão que lanches comidos nesta rede em seus 6 anos de vida, não hesitou em pedir o lanche do brinde. O marido pediu uma oferta qualquer, e eu fiquei lá, com o cardápio na mão sem saber o que pedir. Perguntei à garçonete se algum daqueles sucos era da fruta – chega a ser uma pergunta estúpida, né? Disse que pediria depois e fiquei conversando e rindo, que é o que realmente importa em uma festa de aniversário. Alguns minutos depois ouvi alguém perguntar ao filho se comeria a maçã, e um sorriso me veio ao rosto.

A maçã, claro! Lembro-me bem quando a rede de fast food alardeou em todos os meios de comunicação que se preocupava em tornar seus lanches mais saudáveis, introduzindo maçã. Mas como já não frequentava mais a lanchonete na época, nunca soube como a maçã era servida. E lá estava um pacotinho plástico com a logomarca da rede e alguns pedaços de maçã dentro. Foi meu marido quem levantou a questão: “Nem sei se vale a pena comer! Como essa maçã não fica escura?” É verdade! As fatias da fruta estavam como se tivessem acabado de ser cortadas. Virei a embalagem em busca da lista de ingredientes, o que, convenhamos, é algo um tanto esdrúxulo, já que maçã é feita de… MAÇÃ!!! Aha! Mas não a maçã do lanche feliz, que além de maçã possui antioxidante INS 300 e estabilizante INS 509 – eis o segredo para elas permanecerem por tanto tempo como se tivessem sido cortadas naquele segundo! Aliás, quanto tempo será que aqueles pedaços de maçã estavam naquela embalagem? Resolvi aceitar o copinho de água que a garçonete passou oferecendo enquanto lamentava a minha ignorância e ingenuidade de pensar que a maçã do lanche era simplesmente a fruta inteira e lavada, como a propaganda sugere.

maca-close

Chegou a hora dos parabéns, e quando o aniversariante começou a cortar o bolo pensei que talvez este não tivesse sido feito pela lanchonete. Aproveitei que estava ao lado de uma garçonete e perguntei: “Esse bolo também foi feito por vocês?”. “Não, os bolos vêm de São Paulo”. Arregalei os olhos incrédula: “Vêm de onde?”. “De São Paulo”, ela confirmou. Vejam bem, eu moro no Nordeste, e aquele aparentemente inofensivo bolo de chocolate, feito sabe-se lá quando, viajou quase 2.000 km para chegar até a minha frente. Voltei pra mesa tentando lembrar o que tinha na minha cozinha que pudesse ser comido imediatamente.

Já dentro do carro, de volta para casa, ouvi minha filha dizer: “Engraçado, né? Nem parecia uma festa de aniversário!”. É verdade, não parecia mesmo. Tirando a amizade e o carinho entre as pessoas, tudo ali era artificial demais, plastificado demais, “conservado” demais. E eu fico aqui pensando como eles conseguiram convencer a população em geral de que ali é lugar de alegria e alimentação para crianças. A infância realmente precisa de mais respeito!

Em tempo: para ter o direito de tirar a foto do pacote de maçã, fui à lanchonete comprá-la fora do combo (que, claro, não me interessa) e paguei inacreditáveis 4 reais por 35g de maçã, como pode ser constatado na foto abaixo.

maca-nota

*Maria é mãe de uma menina de 6 anos e acredita que um futuro feliz depende de uma infância respeitada hoje. Ela assina sob um pseudônimo para preservar a identidade das pessoas envolvidas.


Tags:  conservantes alimentícios maçã McDonald's

Bookmark and Share




Previous Post
Doçura mortal?
Next Post
Cantinas escolares na Itália



Mariana Sá




You might also like




80 Comments

Apr 22, 2013

Alimentação saudável, é o mínimo que os pais podem fazer por seus filhos, lembrando que em grandes cidades, as frutas e verduras, até chegarem a nossa messa, já está cheia de “produtos”. Melhor se pudéssemos ter a nossa própria horta.
E essas festinhas de aniversário em fasts foods, também não vejo nenhuma graça.
Belo post.


Apr 23, 2013

# aplauso!!! (de pé é claro)
Não vou mentir, li pelo menos 2 vezes e concordo plenamente com cada palavra que disse, ou escreveu! Um texto verdadeiramente verdadeiro e real! Coisa difícil de se achar hoje, afinal falar da mair rede de Fast Food do mundo é mexer no maior circo que existe… de horrores, diga-se de passagem. É que nem a história da goiaba que você compra no supermercado, grande, sem manchinhas fora, sem bichinho dentro, e SEM GOSTO NENHUM! A mais eu não vou dar uma goiaba da beira da estrada ou do pasto onde estão as vaquinhas porque tá contaminada. Vixi, eu comi goiaba contaminada a vida toda e não morri. O pessoal realmente subestima o poder de uma boa lavada em uma goiaba sem veneno e 100% natural. Uma pena… Eu particularmente não tomo suco com açúcar por exemplo, aí eu peço digamos um suco de açaí sem açúcar e a atendente se surpreende, “sem açúcar, nunca ninguém pede sem açúcar, é muito ruim”. Poxa mais eu quero sentir o gosto da fruta, não do açúcar artificial e tratado com um monte de porcaria, e não é ruim, é natural, somos criados em moldes de que o natural é ruim, quando na verdade, e ao contrário. É mais fácil fazer uma criança comer Nuggets com Miojo do que um filézinho de peito de frango passado no ovo e na farinha e grelhado com um pouco de óleo de oliva com macarrão normal. Peninha que não falam ou mostram pra eles como é feito o Nuggets, ou quanto de sódio tem no Miojo. Fazer o que né!? Vamos consumir o que é bom… e deixar os “restos” para os palhaços!


    Sep 25, 2013

    Puxa, Marlon, também recebo várias caras feias quando peço qualquer suco ou chá sem açúcar!! Uma garçonete do Outback certa vez ficou discutindo comigo que o chá gelado sem açúcar era muito ruim e eu não iria gostar, de jeito nenhum!!! E eu discutindo, argumentando que sempre peço assim, que não posso beber nada com açúcar, e ela insistindo… aí perdi a finesse e mandei um: “escuta, moça… é você quem vai ter que beber o chá ou eu?” Espero que ela não tenha cuspido, rsrs…

    Adorei esse post… quando começaram a vender maçã lá, era a fruta inteira mesmo… acho que ficou mais barato vender 4 fatias cheias de conservantes, né?? Muito bom ver tanta gente consciente do que colocar na boca das crianças aqui no Brasil… lá nos US a coisa é muito pior gente… é cada porcaria que as mães e as escolas servem, dá até medo!!!


Apr 23, 2013

Eu também não gosto dessa rede de lanchonete, mas preciso esclarecer uma coisa: esses conservantes são inofensivos. O antioxidante INS 300 é nada mais que ácido ascórbico (vitamina C) e o estabilizante INS 509 é Cloreto de cálcio, um mineral, também inofensivo para a saúde.


    Apr 23, 2013

    Mas, por que será que essa maçã tem cheiro e sabor de esmalte de unha?


    Apr 23, 2013

    Cecília, também não gosto da lanchonete do Palhaço, embora acredite que de vez em quando, beeeeeeem de vez em quando, não faz mal nenhum. Acho que a venda de macarrão instantâneo, algumas marcas voltadas para o público infantil, com a quantidade de sódio que tem, o absurdo dos absurdos. Porém, assim que li o post, corri no CODEX ver o que são esses conservantes, e com certeza, são os mais inofensivos possíveis. Acho que o post poderia focar na quantidade de gordura e sódio dos hambúrgueres, da batata, a porcariada que tem em um único nugget, a quantidade de açúcar num suco Del Valle… Seria mais produtivo (e instrutivo).


      Apr 30, 2013

      Concordo plenamente com você, Juliana!


    Apr 23, 2013

    Reforco o comenterio… estes dois produtos sao inofencivos a saude, unicamente sao usados pelas empresas de alimentos nacionais devido aos prezos de validade estipuldos pela ANVISA


Apr 23, 2013

Eles têm a capacidade de transformar em porcaria até uma coisa super saudável… Como se não bastasse os agrotóxicos que involuntariamente consumimos…


    Apr 25, 2013

    Bom, não sei de onde você tirou que eles transformam a maçã em porcaria, pois esses conservantes, não são nada mais do que Vitamina C e Cloreto de Cálcio, substâncias que são inofensivas e as mesmas que estão presentes nos alimentos “super saudáveis” de qualquer supermercado e que deixam eles bonitos e fazem durar por mais tempo.
    E outra não existe um alimento “SUPER SAUDÁVEL” pois tudo em quantidades erradas faz mal, ate a água.


      Apr 25, 2013

      Victor Hugo, pode ser que os conservantes sejam “naturais”, mas você há de convir que a maçã fresca não se compara em termos de nutrientes, não? Comida que precisa de conservantes pode até não fazer mal, mas é comida morta, já perdeu todas as propriedades naturais.


        Apr 26, 2013

        Sendo este um site que busca divulgar informações, tome cuidado para não parecer parcial.
        O antioxidante e o conservante citados tem a única função de preservar a cor da maçã, decorrente da ação de enzimas no resto é exatamente igual a maça que você corta em casa, o efeito é exatamente o mesmo que é obtido pingando suco de limão sobre a fruta.


          Apr 26, 2013

          Pergunte a qualquer nutricionista e ele vai te dizer que o alimento começa a perder nutrientes ao ser colhido do pé.
          E, inofensivos ou não, qual o sentido de pegar um alimento tão fácil de ser consumido e transportado como uma maçã, submeter a um processo de adição de conservantes, embalar em plástico e vender por R$4? Vamos combinar que isso só interessa a indústria?


          Jun 05, 2013

          Porque não pingam suco de limão, então????
          Vitamina C sintética não é vitamina C. Chupa uma laranja, ou uma acerola …:D
          Impossível ter as mesmas propriedades da mãça que eu corto em casa e como na hora…
          Julio, concordo com vc; informação é tudo. INFORME-SE!


      Aug 16, 2013

      Vitor Hugo concordo com voce, tenho 28 anos , e na minha infancia ja existia fast food , claro que nao tao facil acesso, porem meus pais nao me levavam todos os fins de semanas como e a maioria dos pais fazem no momento ,,, Na epoca era um premio exemplo passar de ano com notas boas, aniversario ou coisa assim …Mas concordo temos que limitar a dosagem desagem de tudo nao so FASTFOOD.


Apr 23, 2013

Se tem tanto problema no alimento, porque leva seu filho nesse lugar?
Tudo isso pra ter “ibope”?


    Apr 23, 2013

    Leia novamente, Sidimar. A autora não frequenta a rede, mas não pôde recusar o convite para participar da festa de aniversário de uma criança amiga.


    Apr 23, 2013

    Cara, apenas leia, ok? L-e-i-a.


    Apr 23, 2013

    Já saber ler Sidimar?


    Apr 24, 2013

    Acho que o Sidmar aprendeu a ler. rsrs


Apr 23, 2013

É muito artificial mesmo, como também acho as festas em buffet: sem saber a procedência do que estou consumindo…
Minha filha faz aniversário em junho. Já providencieis suqueiras, garafinhas com canudinhos coloridos e personalizados, muito sanduiche de “carne louca” feito pela vovó e os docinhos, farei com uma amiga. Passamos os fins de semana fazendo artesanatos para a decoração. Baixei videos no Youtube para montar com ela a trilha sonora da festa: músicas de filmes e desenhos que ela gosta. Nada com muito luxo, mas com muito amor. E o meu prazer é ver a minha filha dizer com os olhos brilhando que este será o seu melhor aniversário da vida toda.
Dá mais trabalho? Sim! Mas antes tínhamos a idéia de fazer no Habibs, mas de repente, me deu um “tilt”, e não quis mais!


    Aug 28, 2013

    Também quis fazer a festa de 1 ano do meu filho. Não tinha toda aquela decoração de uma festa em buffet, os docinhos e salgadinhos não eram todos decorados, mas tinha todo o amor que eu e minha família colocamos. Eu queria fazer uma festa como as que eu tive quando criança! Tinha brigadeiro e outros doces, mas os salgadinhos não eram todos fritos e tinha mais suco que refrigerante.


Apr 23, 2013

Aham…eles estão mesmo preocupados em introduzir uma alimentação saudável no cardápi, com certeza eles querem nos fazer de palhaços isso é um absurdo
sempre que eu puder vou evitar, não quero que meu filho consuma esse tipo de alimento!


Apr 23, 2013

Muito bom esse post, me identifiquei muito… rs
Engraçado é que quando nós mães nos preocupamos com a alimentação dos nossos filhos, a maioria acha bobagem e exagero e ainda somos julgadas. Pode uma coisa dessas? O meu ainda é pequeno, tem quase 3 anos, então quando vamos a algum aniversário, dou comida antes e ainda levo um lanchinho pra ele não comer bobagens, aí ele só vai pra brincar. Por enquanto consigo “enganar” ele, vamos ver o que farei quando ele crescer… rsrs


Apr 23, 2013

MAÇÂS
Por muito tempo, as maçãs do McD eram de verdade, inteiras, refrigeradas, ensacadas como as da Turma da Mônica. Devem ter passado para a embalagem individual para evitar contato manual… IMHO, melhor a embalagem individual de hoje do que o eventual desinfetante em que certamente mergulhavam a maçã antes de servir.

Neste caso, os conservantes são o de menos… INS 300 é ácido cítrico, o primo artificial do sumo de limão que vovó usava para as maçãs não ficarem pretas; INS 509 é citrato de cálcio. Ambos não têm efeitos secundários conhecidos na saúde e se enquadram (mesmo tendo saído de laboratório) na categoria de “aditivos naturais”.

BOLO etc.
100% de acordo. O bolo de SP só chega ao NE com alta carga de conservantes.

No mais, festa no McD é mesmo uma DROGA plastificada. Tudo muito programado, muito certinho, muito medido no relógio… Festa é lazer, não exercício militar, ordem unida.


Apr 23, 2013

Ooops, esqueci. R$4 por uma maçãzinha é absurdo. Quase o preço de um quilo!


    Apr 23, 2013

    uma maçã, não…. 4 pedacinhos! 1 real por cada pedacinho de uma maçã miúda. E com gosto de esmalte!


Apr 23, 2013

oK. Façamos o seguinte então:
Coloquemos nossos filhos numa bolha de plástico e alimentemos apenas com produtos naturais, plantados na horta que existe no jardim da sua casa ou da casa da vovó.

Que tal deixarmos de ser demagogos e hipócritas !?
Tudo que é exagerado e extremo é errado e faz mal, inclusive o excesso de zelo.
Um copinho do Coca-Cola e um lanche do Mc (ou do Burger King ou Bob’s ou qq outro Fast food) DE VEZ EM QUANDO, com certeza não farão mal aos nossos filhos e com mais certeza ainda, vão deixá-los mais inseridos no mundo normal.
Basta saber dosar com sabedoria.

PS.: Agora é aguentar os comentários dos bananas…


    Apr 23, 2013

    Concordo contigo Fernando!


      Apr 24, 2013

      Muito educado da sua parte usar de forma pejorativa a palavra “bananas” para chamar as pessoas que não tem a mesma opinião que a sua.

      Você sabe qual está sendo considerava a pior doença para as crianças de hoje? Não?! Para você ficar ciente é a obesidade infantil.

      Atenciosamente,

      Andresa S. Ugaya, professora de educação física, preocupada com a qualidade das atividades lúdicas, com a qualidade de vida e saúde das crianças desse mundo moderno e, muitas vezes, perverso.


    Apr 23, 2013

    Exatamente Fernando Vieira. Excesso de cuidado faz mais mal do que bem, além da criança correr o risco de crescer como um ETzinho.
    Faz um tempo, pouco, que deixei de comer no McD, os conservantes não foram o principal motivo, mas também ajudaram na decisão, justamente por causa da maçã que me fazia pensar, todas as vezes que pegava um pacotinho na mão, no porque deles não usarem suco de limão para mantê-las clarinhas até a hora do consumo. Também me apavora pensar na quantidade de porcarias que ingerimos toda vez que comemos fora de casa, e até mesmo em casa: no tomate pelado enlatado, no milho em conserva, no Panettone delícia que fabricam em setembro e dura até março…
    Enfim, é realmente difícil garantir uma alimentação saudável, independente de onde você esteja fazendo suas refeições.
    Em tempo, tenho um filho de 3 anos e 1 mês que nunca tomou refrigerante, leva laranja na lancheira da escola para fazerem o suco fresquinho pra ele na hora do lanche, mas às vezes ele toma Sufresh em embalagem TetraPack também, e não é isso que vai fazer diferença. O importante mesmo é darmos exemplo a nossas crianças, e a chance de escolher.


      Apr 26, 2013

      Se este é o conceito de ET, adoro ter filho ET! Minha filha descobriu que dia da criança existia com 5 anos, e porque uma prof de natação mencionou. Entre outras coisas. E é uma criança muito feliz.


Apr 23, 2013

Então teremos que parar de comer laranjas e beber água mineral…rsrs
Alguns compostos químicos possuem identificações técnicas que assustam quem não conhece do assunto – a maioria das pessoas.

O estabilizante INS 300 é o ácido ascórbico ou vitamina C, serve para não amarelar a fruta e o estabilizante INS 509 é o cloreto de cálcio, encontrado na água mineral.

Espero ter ajudado.


    Mar 02, 2017

    Pois é, eu comprei ontem pela primeira vez a maçã do Burger King. Não constam os conservantes, mas, com o a do “palhaço”, não fica preta… Então se é só ácido ascórbico e cloreto de cálcio, por que não escrevem? Difícil a gente confiar… Grata pelos esclarecimentos. (achei esse post antigo porque estava procurando sobre os aditivos dessa maçã)


Apr 23, 2013

Olha essa mamãe, procon multa mc donalds em 3 milhoes. Sempre achei péssimo esse brinquedinho nesse lanche horroroso!

http://br.financas.yahoo.com/noticias/mcdonald-s-%C3%A9-multado-em-mais-de-r–3-milh%C3%B5es-pelo-procon-sp-173936596.html


Apr 23, 2013

Perfeito !!!
Acho um absurdo a venda casada de brinquedo com lanche.
Onde vamos parar…


Apr 23, 2013

Recado para a pessoa que escreveu este texto: por favor, POR FAVOR, escreva uns livros, muitos livros, e mande-me os títulos para eu comprá-los. Sua escrita é uma delícia. Parabéns. Bjs!


Apr 23, 2013

Eu levei quase 30 anos para perceber esses “detalhes” e passar a recusar alimentos assim… Ótimo texto!


Apr 23, 2013

Eu comia formiga quando era criança…gente…e não morri…rs….Vamos deixar a coisa mais solta…vai….ou vamos ter filhos totalmente chatos e sem graças!
Não estou dizendo para fazer de um fast food uma constante na nossa vida…mas uma vez na vida não vai matar ninguem!
Realmente as festas de antigamente com brigadeiros, beijinhos feitos a mão…cajuzinhos…bolos feito pela tia…avó ..sei lá….eram muitoooo…melhores….mas existe uma evolução ( guardada devida proporção entre epocas)….
Eu fico mais doido da vida em pagar 4 reais por uma maça….ou pedaços dela…rs


    Apr 24, 2013

    Marcel, as formigas de sua infancia eram de qual rede fast food? E como eram conservadas até o momento do consumo, na base do INS 300 e 509?

    Eu devo ter comido até terra… e foi isso que me deu as imunidades para a vida adulta. Tô bitelo e corado, pq lá em casa nós crescemos assim, com mais vida e menos neuras.


    Sep 25, 2013

    Realmente, Marcel… não pretendo criar meus filhos em bolha alguma, mas de boa, o que está sendo discutido aqui justamente é a industrialização massiva do que é oferecido às crianças… Eles já crescem acostumados a alimentos mais salgadinhos, docinhos… eu mesma demorei anos pra diminuir o açúcar e ainda estou lutando com o sal, rs…
    Comer formiga, bicho de goiaba, terra, como fazíamos às vezes quando crianças me parece melhor que comer tanta tranqueira que a indústria alimentícia quer jogar na nossa frente…


Apr 23, 2013

Comentei sobre isso na primeira vez que vi essa tal “maçã de pacotinho”. Falei pro meu marido: “imagine quanto conservante tem neste pacotinho inofensivo! Qualquer maçã normal fica preta na hora e essa está há dias na minha geladeira e está como se tivesse cortado agora! (sim, dias! ela ficou dias na minha geladeira, depois pro lixo!)


Apr 23, 2013

Incrível mesmo que a gente tenha sempre que perguntar se é de fruta.
Um absurdo como eles usam conservante em tudo. Adorei o post.


Apr 23, 2013

Alguém ai já assistiu “super size me”? No final, eles fazem um teste com a batata que a rede de fast food usa para fazer a batata frita e ela dura meses intacta. Não é apenas o ácido ascórbico e o cloreto de cálcio que conseguiu com que ela não apodrecesse.
Não precisamos colocar nossos filhos em bolha alguma, mas podemos optar por uma alimentação mais saudável. Concordo que uma vez não vai matar, mas a questão dessas redes de fast foods vai muito além da saúde.
E as festas feitas em casa então em alta. Capriche no cajuzinho e no brigadeiro.
Eu voto em fazer a hortinha em casa. (risos)


Apr 24, 2013

O bolo deles é congelado, não sei bem o prazo de validade. Mas eles são transportados e mantidos a uma temperatura de -18º graus aproximadamente, uma amiga minha trabalhou em um restaurante desses e uma vez comentou que levava algumas horas para desgelar o bolo.


Apr 24, 2013

Concordo com o texto. Tem uma propaganda que pergunta o que faz você feliz: o que deve nos fazer feliz é ver nossas crianças crescendo com saúde, energia, dispensando alimentos que, podem não fazer nenhuma mal agora, ou de vez em quando, mas que no futuro trarão consequências nada boas. E em relação aos que, com conhecimento de causa tenho certeza, disseram que os 2 produtos não fazem mal, vai uma pergunta: Então porque Deus já não incluiu no DNA das frutas estes 2 elementos?


    Apr 25, 2013

    Me desculpe !
    Mas você compraria uma maça cortada toda escura?
    Seja muito sincero !


      Apr 25, 2013

      Ninguém compraria, a crítica aqui é à tentativa de uma rede de fast food de travestir de saudável um lanche que, além de não ter valor nutritivo, faz mesmo mal à saúde.

      Seria interessante se o McDonald’s assumisse de vez que o que vende não é saudável e pronto, não acha? Mais honesto do que se fazer de “amigo da criança” porque oferece fruta com conservantes “naturais” para não escurecer…


Apr 24, 2013

Bah… essa leitura toda me deu vontade de comer um big mac.


    Apr 27, 2013

    Sem dúvida, tem muita gente ficando neurótico e vão deixar seus filhos idem. Se eu morrer antes de quem não comeu lanche do Mac, mesmo assim morrerei mais feliz, pois adoro lanche do Mac. Não como todo dia, durante a semana como arroz, feijão, etc, mas aos fds quando posso como Mac com prazer e sem culpa. Lembre-se, a única certeza é que com Mac ou sem, nós todos vamos morrer. Prefiro com Mac.


    Aug 16, 2013

    e uma coca-cola, uma porção de batata, e um milk shake grande!
    Demagogia é achar que a maça fresquinha da feira ou do mercado não recebeu nenhum tratamento quimico. Vamos virar indio, e comer só que plantamos.


Apr 24, 2013

Com certeza uma bela casa de sucos naturais e bem higienizados,e um belo sanduba natural seria o ideal para qualquer criança ou adulto,porém nesse nosso lindo e prospero PAIS,costuma exportar o que temos de melhor e mais saudável e importar as modernidades e que é pior das obras primas que mandamos para eles.exporta-se por x valor e importa-se por xxxxxxxx….valor. isso é mesmo um grande absurdo.


Apr 24, 2013

Já que está tão preocupada assim! isto se torna até loucura! nunca mais coma em nenhum restaurante! até estes restaurantes organicos!! crie uma horta e um pomar em casa!!
nossa que vontade de comer um big mac e ser feliz!!!


    Apr 25, 2013

    Luiza, o intuito do post é gerar reflexão, chamando atenção para o fato de que muitos acham lindo a rede de fast food oferecer lanches “saudáveis”. Acreditamos que o MD deveria assumir logo que seus lanches são para consumo na hora que as pessoas querem “ser felizes” sem se preocupar com a saúde. 🙂 Seria mais honesto da parte deles, você não concorda?


Apr 25, 2013

GRAÇAS A DEUS CRIEI MEUS FILHOS LONGE DESSA COMIDA CARNICENTA! AQUI EM CASA NINGUÉM COMO AQUELE LIXO.


Apr 25, 2013

Cada comentário idiota… Como alguém pode falar em alimentação saudável num país onde: a carne que você come foi congelada alguns atrás, sabe Deus sob que condições de higiene. Quando chegou ao supermercado e cortada para a venda, foi adicionado um produto que reaviva a cor; o peixe e o camarão certamente vieram de águas poluídas; o frango está cheio de hormônios; as frutas e os vegetais, não só foram plantados com agrotóxicos para que ficassem enormes, como foram pulverizados com outros químicos para conservação; a água das tais verduras hidropônicas, em geral é um nojo…. e por aí vai. A menos que você more numa chácara, crie suas galinhas, peixes e camarões; plante suas verduras e cereais, qualquer conversa sobre comida saudável soa hipócrita. Quer saber de uma coisa? Me dê um double Big Mac, com uma batata grande e super Coke. Eu quero é ser feliz!!


    Apr 25, 2013

    Marlene, nós acreditamos que, com informação, é possível ter acesso a alimentos saudáveis no Brasil, um país abençoado onde “em se plantando, tudo dá”. 😉

    Nossa proposta, em todos os posts, é gerar a reflexão. Ninguém quer acabar com as redes de fast food ou impedir as pessoas de comer Big Mac com Coca-Cola e “ser feliz”. Para você, esse tipo de guloseima é sinal de felicidade, para outros uma salada de tomates orgânicos com queijo fresco e manjericão da horta caseira dão muito mais prazer.

    E viva a diversidade! 🙂


Apr 25, 2013

Moça , vai estudar um pouco vai !

Esse post é um insulto aos engenheiros de alimentos do Brasil!


    Apr 25, 2013

    Outra ninguem se deu o trabalho de olhar oq significa INS300 né !
    Pq se isso fizer mal! Acho q todo mundo deveria estar morto !

    Antioxidante INS 300
    Um nome difícil para o ácido ascórbico, também conhecido como vitamina C. Serve para evitar que a bebida sofra oxidação e o aroma permaneça igual.


    Apr 25, 2013

    Bernard, sua contribuição será valiosa! Gostaria de compartilhar seus conhecimentos conosco?

    Enquanto isso, seguimos achando que maçã de verdade não precisa de conservantes, por mais “naturais” que sejam.


Apr 25, 2013

O problema acho que não é o Mc ou qualquer outra rede de fast food, mas sim essa sociedade de consumo exacerbado, capitalismo desumano e individualismo. Todos querem a qualquer custo enriquecer. Somos constantemente influenciados por uma cultura que só pensa em dinheiro ou no “meu sucesso”… o que leva a empresas e pessoas a fazerem de tudo para vender e comprar sem muitas vezes se preocupar se causará mal a alguém. Ninguém aprendeu a crescer e fazer o outro ao lado crescer junto, mesmo que tenha que deixar de lado muita coisa que conquistou para ajudar esse outro a pelo menos chegar ao “mesmo nível”… Assim como muitas empresas usam “projetos de sustentabilidade” …o Mac usa esse seu marketing para mascar o interesse de vender mais… As empresas visam Lucro…e nada mais.


Apr 25, 2013

A criança não come frutas e verduras, nunca subiu em árvore, nunca brincou descalça na terra, nunca brincou com água, minhocas, joaninhas e formigas, vai a uma escola cheia de tapetes de e.v.a. e aquela que não vai todo dia ao mc donalds é que vive em uma bolha, é? Então, tá.

Bem que eu queria uma bolha dessas na minha infância, em vez da montanha de industrializados consumidos na minha casa, do chão de carpete, do nenhum quintal. Fui muito ao mc donalds, e posso afirmar que isso não me trouxe nenhuma felicidade.
🙁


    Aug 16, 2013

    Lógico, como comentei, isso tudo aí e muita frescura.


Apr 25, 2013

Geeeente, cada comentário que eu li aqui! “Comer um Big Mac e ser feliz!”?? Quero ver que felicidade vai ser essa, quando surgirem os problemas devido à falta de nutrientes. Primeiro que não vi nada no texto inteiro propondo fechar todos os McDonald’s do país, também acho um ABSURDO uma fruta vir em um saquinho! Morei nos Estados Unidos e isso vem de lá. Estamos “americanizando” de vez nossos restaurantes. Frutas vêm em saquinhos, têm gosto de isopor e duram mais de um mês! Essa mentalidade, a desses comentários, é ridícula! Estamos nos tornando um país cada vez mais gordo, queremos mesmo os índices de obesidade mórbida estadounidenses? Será que só vamos acordar quando nossas crianças estiverem sofrendo os efeitos dessa alimentação? Como fast food, sim, tomo refrigerante, como congelados. Mas sei muito bem o que estou comendo e não o faço todos os dias; acho que tudo tem limites! McDonald’s é McDonald’s e comida saudável é comida saudável. Não tem jeito, um obrigatoriamente exclui o outro!


Apr 26, 2013

Para quem se interessar, nós do Comer para Crescer fomos atrás das informações corretas sobre as maçãs do McDonald’s. Assim, na hora de reclamar, não se perde a razão por falar bobagens. O link do post é esse: http://www.comerparacrescer.com/2013/04/26/a-verdade-sobre-as-macas-do-mc-donald%C2%B4s/
obrigada,
Mônica


Apr 26, 2013

“Tirando a amizade e o carinho entre as pessoas, tudo ali era artificial demais, plastificado demais, “conservado” demais.”

Os iguais se embalam no mesmo saco, se artificializam no mesmo sorriso e entre tampinhas e aparências de naturais seguem pisando em eggs.

Carlos Brito


Apr 28, 2013

Acho que podiam editar o post explicando o que são esses conservantes. Quem não entende pensa que é algo extremamente maligno, da maneira como foi disposto no post.


Apr 29, 2013

Realmente, esta rede de “aliementos” é um lixo, pra ser bem sincero. Vários comentários pertinentes, temos que educar certo as crianças.
Não conhecia este site, e não sei se um vídeo muito interessante já foi postado, caso não, favor colocarem, pois é muito esclarecerdor. Incluí as diversas redes de fast food e outras informações muito pertinentes, para crianças e adultos.
Título: Muito além do Peso
Segue: http://www.youtube.com/watch?v=TsQDBSfgE6k


Apr 30, 2013

[…] virtude do intenso debate acerca do post “A maçã do palhaço”, o Movimento Infância Livre de Consumismo saiu em busca de socorro para prestar alguns […]


May 01, 2013

I-N-A-C-R-E-D-I-T-Á-V-E-L. Me lembrou o documentário em que o rapaz come Mcdonalds por 1 mês, SUPER SIZE ME, fi lá que eu vi que a salada deles tem a mesma quantidade de sódio de um hamburguer. Quero distância disso. Parabéns pelo post, divulgarei.


May 10, 2013

As criancinhas vão crescer na bolha de produtos orgânicos e saudáveis, até completarem idade suficiente pra sair sozinhas com os amigos… Ai vão querer experimentar tudo o que os pais barraram e todas as crianças comem, e é ai que está o problema. Na teoria essa de “meus filhos serão educados para bla bla bla” é linda, mas sabemos que na prática é completamente diferente. Crianças dos 10 aos 15 anos são completamente influenciáveis, principalmente pelo grupo de amigos.
Boa sorte aos papais pseudo-naturebas. Como se vocês não tivessem sobrevivido a uma infância/adolescência com alimentação desregrada.


May 13, 2013

Chegando agora por aqui e agradavelmente surpresa com o post da Maçã do Palhaço e com o conteúdo do site. Parabéns!! Quanto a mim, tenho uma filha de nove anos que até os dois anos não tocou em nada industrializado! Acredite! Nada! Em compensação, depois… Óbvio que fast food não é um hábito aqui em casa, mas visitamos alguma lanchonete mais ou menos de dois em dois meses, talvez três. Pois o caso é que a pequena não quer mais o lanche “do Palhaço”. Ela come de tudo sem stress e diz que prefere um sanduíche de uma outra rede que tem aqui no Sul, que oferece uma mistura de verduras ou legumes em pão de centeio ou preto e suco “natural”. Congelado, claro, mas ainda assim não é de caixinha, hehehe. Sem neura, não acredito que possamos ter uma alimentação totalmente natural, mas a consciência do saudável é praticada no dia a dia. Claro que a tal lanchonete deve ter algum conservante, mas ao menos a pequena não associa lanche somente a MD, BK e assemelhados… AH! Tenho o hábito de montar os cardápios de aniversário dela aqui em casa mesmo, fazendo tudinho… achamos mais legal e todo mundo se diverte durante o preparo também! Buffet é meio frio,né?


Jun 04, 2013

[…] fim de abril, o texto de uma mãe compartilhando suas descobertas a respeito dos produtos vendidos na rede de fast food McDonald’s, […]


Aug 16, 2013

Muita frescura para o meu gosto


Aug 21, 2013

Realmente… Assim que eu penso.. Se quero que minha preciosa filha de 2 anos viva mais tempo, tenho que pensar nela, e cuidar do que ela come e bebe. Acredito em alimentação saudável, e muita água. Minha mãe teve todo este cuidado comigo.. Infelizmente, as vezes optamos para o mais fácil, sem saber ou ignorando que o caminho é terrivel e sem volta! Saúde, é mental e física!


Oct 30, 2013

Estava lendo e lembrando que a alguns meses atrás, levei meus filhos na tal lanchonete do palhaço…Só o mais velho que acaba comendo o lanche, o que tb é raro de acontecer, pois quase nunca os levo, mas como hoje em dia a maioria das crianças comentam sobre o tal palhaço, brindes, lanches, etc… Não tivemos como escapar… Bom lá chegando pedimos o lanche do brinde, um para cada, então 03 lanches. No térreo não havia lugar para sentar, então fui ao piso de cima com as crianças, e com medo que minha pequena de 02 anos caísse, pedi para uma das atendentes um cadeirão. Quando ela trouxe o mesmo, e viu os 03 pacotinhos de maça na mesa, olhou pra mim e disse:
– Senhora, antes de dar a maçã as crianças veja antes se não está estragada…Hã como assim? Meu marido chegou e falei com ele, e ele nervoso queria falar com a atendente, queria o valor pago de volta, enfim, nossa indignação foi tanta que na verdade não tivemos atitude no momento, saímos e pedi pra ele irmos a uma delegacia, pois na embalagem apesar da ata de vencimento está ok, realmente os produtos estavam estragados, tinha um líquido dentro, as maçãs estavam escuras, e mesmo em uma das embalagens a qual parecia melhorzinha, o cheiro era de podre. Fomos a primeira delegacia, o qual o delegado ficou furioso se tratando de crianças, e o meu filho do meio, chorando pq queria a maçã, mas queria aquela e não a que tínhamos em casa.Fomos orientados a irmos a uma outra delegacia, a qual defende o consumidor. E lá quando levamos os produtos uma escrivã perguntou:
– Outra do “palhaço”, essa também está com bicho??? Gente fiquei arrasada, agora estamos aguardando o contato para que possamos divulgar o que de fato essa lanchonete nos oferece..


Jan 17, 2014

Não discordo da preocupação da senhora que publicou este post. Tenho duas crianças e acredito que é totalmente válida e justa a ideia de querermos o melhor para nossos filhos em todos os aspectos possíveis.
Agora, na minha modesta opinião a pessoa que fala mal de uma ou outra forma de alimentação, seja ela qual for, tem que se alimentar o melhor possível.
Hoje em dia praticamente se for vegana.
Pergunta para essa senhora:
Quais produtos os filhos dela comem que não tem conservantes, acidulantes, edulcorantes, antioxidantes, modificadores, aromas artificiais… etc???
Quais produtos que eles consomem que não tem gorduras saturadas, gorduras vegetais e até gorduras trans?
Acho que é muita neurose e paranoia.
De modo geral sabemos o que realmente faz mal para nós, para nossos filhos e até para nossos animais.
Ou vivemos em fazendas aonde comemos o que plantamos e o que criamos, ou nos adaptamos e levamos a vida a diante sem exageros e preocupações exacerbadas.
Se preocupar que o bolo foi feito em São Paulo????
Oras, todos os produtos consumidos no nordeste são feito ali mesmo? Na própria cidade? Os mercados da região só vendem produtos locais…

Tudo que é em exagero faz mal, até água mineral e alface…

Minha opinião. E cada um com a sua…



Deixe uma resposta para Juba Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



More Story
Doçura mortal?
Texto especial para o Milc de Renata Kotscho Velloso* O açúcar, não a gordura, é o vilão mortal responsável pela...